“O presidente da Eletrobras, Delmo de Santana Brasil, se comprometeu em resolver essa situação em 30 dias, no máximo”, disse o diretor do Procon Assembleia, Lindomar Coutinho. 

Representantes do Procon Assembleia participaram na manhã de sábado, 06, de uma audiência pública no município de São Luiz, a 335 km de Boa Vista, que teve como objeto discutir o reajuste da tarifa de energia elétrica e a qualidade dos serviços prestados pela Eletrobras Distribuição Roraima.

A audiência foi realizada na Câmara Municipal de São Luiz e o Procon Assembleia pediu providências da Eletrobras. “Vamos aguardar o prazo estabelecido pela Eletrobras para regularizar a prestação dos serviços. O presidente da Eletrobras, Delmo de Santana Brasil, se comprometeu em resolver essa situação em 30 dias, no máximo”, disse o diretor do Procon Assembleia, Lindomar Coutinho, ao ressaltar que ele se comprometeu em resolver todos os problemas existentes no município com relação à energia elétrica.

“Isso já é um grande avanço. Ele falou durante a audiência que vai resolver o problema da energia elétrica”, reforçou. As reclamações dos moradores, conforme Lindomar Coutinho, dizem respeito aos serviços prestados pela Eletrobras, os quais não estão de acordo com a tarifa paga pelos usuários mensalmente.

Coutinho explicou que o reajuste tarifário ocorreu após a Eletrobras assumir os serviços de concessão que eram administrados pela CERR (Companhia Energética de Roraima), desde o dia 1º de janeiro deste ano, quando determinou a instalação de medidores de energia elétrica em todas as unidades residenciais e comerciais.

“Colocar o medidor nas residências é algo que a CERR não vinha praticando. Essa é uma política adotada pela Eletrobras e é correto ter esses medidores porque não se pode fazer cobrança apenas pela média de consumo, como assim procedia a CERR”, explicou o diretor do Procon Assembleia, ao comentar que não é correto cobrar um valor sem oferecer um serviço de qualidade, incluindo a oferta da estrutura da rede elétrica. “A má qualidade dos serviços prestados pela Eletrobras é em todo o Sul do Estado. São postes velhos e até caindo nas vicinais que estavam abandonadas pela CERR. Então, isso vem causando transtorno para os moradores. A Eletrobras herdou isso da CERR”, ressaltou.

O posicionamento do presidente da Eletrobras, segundo Coutinho, deixou a população satisfeita. “Agora o Procon Assembleia vai aguardar essas melhorias. Caso isso não ocorra, vamos notificá-la para que responda o motivo de não melhorar a qualidade dos serviços prestados àquele município”, afirmou.

 Por Marilena Freitas

SupCom/ALE-RR