“Todos os meses estaremos em alguma comunidade ou aqui mesmo nos bairros da Capital”, disse a deputada Lenir Rodrigues.

A equipe técnica da Procuradoria Especial da Mulher, da Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR), por intermédio do Centro Humanitário de Apoio a Mulher (CHAME) e Núcleo de Promoção e Prevenção ao Tráfico de Pessoas, estará na Comunidade Indígena de Napoleão, em Normandia, a 180 quilômetros de Boa Vista. Por lá, desenvolverá uma ação, a convite da igreja católica Cristo Redentor, da região. Será no dia 27, a partir das 9h, para uma ação permanente.

Na oportunidade, são ministradas palestras sobre DSTs (doenças sexualmente transmissíveis), violência doméstica e família, sobre os perigos do tráfico de pessoas e apresentação dos trabalhos realizados pelo CHAME, na garantida de direitos e proteção da mulher. Os participantes receberão ainda corte de cabelo de forma gratuita.

“Estamos permanentemente trabalhando a prevenção e nessas palestras levamos ainda nossos materiais, panfletos, cartilhas para que, de certa forma, informe as pessoas que não tem muito acesso”, explicou a procuradora Especial da Mulher, deputada Lenir Rodrigues (PPS).

A parlamentar, que é presidente da Procuradoria Especial da Mulher, reforçou que ações como essa fazem parte da rotina do órgão ligado ao Poder Legislativo. “Todos os meses estaremos em alguma comunidade ou aqui mesmo nos bairros da Capital. Atenderemos, além dos muros do CHAME, a essas comunidades com ações educativas. Isso mostra que o CHAME é sempre lembrado”, finalizou Lenir Rodrigues.

Por Yasmin Guedes

SupCom/ALE-RR