O futebol é uma ferramenta de inclusão social, um incentivo para os garotos da periferia.

Que o esporte transforma vidas, disso ninguém tem dúvida. E no Dia Nacional do Futebol, comemorado em 19 de junho, o jovem W. J. A., de 17 anos, participante do programa Abrindo Caminhos da Assembleia Legislativa de Roraima, mostra na prática como acontecem essas transformações. A paixão pelo futebol foi desde cedo, aos seis anos de idade, em escola onde estudava. Mesmo com pouca idade, já despertava olhares, e com o passar do tempo logo foi convidado para treinar por uma equipe profissional. “Foi muito bom, viajava muito, mas me machuquei e parei de jogar”, lembrou W.

Longe dos gramados, o jovem conheceu outro lado da vida. Passou a usar drogas, bebidas, a frequentar festas, chegando inclusive a ser preso por roubo. Também conheceu uma garota e foi pai ainda adolescente. Hoje ele mora com a família e a sogra, Marizete da Silva Quadros.

“Com meu filho sei que terei que assumir responsabilidades, e é no Abrindo Caminhos que percebo como uma oportunidade para mudar, de dar melhores condições para meu filho, minha mulher e minha sogra”, disse W, enfatizando que vai correr atrás do sonho de ser jogador profissional de futebol.

A sogra Marizete diz estar feliz porque o genro encontrou um ponto de equilíbrio no programa Abrindo Caminhos. “Ele [W.] é a prova de que o esporte muda a vida de uma criança, de um adolescente. O futebol o tirou do mundo errado. Ele é outra pessoa e aqui em casa ele ajuda bastante nos afazeres domésticos. Ele é um genro bom pra mim, pra minha filha e pro meu netinho”, contou.

Marizete comentou que tem observado as crianças do bairro mais felizes e o Abrindo Caminhos, segundo ela, “é o culpado por esta mudança”. “Espero que esse programa seja pra sempre, nossos jovens merecem esse apoio do deputado Jalser Ranier”, frisou.

O coordenador das equipes de futebol do Abrindo Caminhos, Marco Andrade, disse que o futebol é uma ferramenta de inclusão social, um incentivo para os garotos da periferia, que enxergam no esporte um rumo para ser alguém na vida. “A Assembleia fez um gol de placa ao implantar o futebol no Abrindo Caminhos. Estamos contentes por essa oportunidade e com essa garotada que vem participando nos treinamentos. O futebol é uma solução para muitos deles, que estavam nas ruas, com o tempo ocioso”, ressaltou.

O presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, deputado Jalser Renier (SD), afirmou que o programa Abrindo Caminhos foi pensado com a finalidade de resgatar a dignidade e os sonhos dos jovens de Roraima. “Histórias como essa do jovem W. nos enchem de orgulho, porque sei que essas crianças e adolescentes estão vislumbrando algo de melhor para elas e suas famílias. Temos muitos jovens envolvidos em coisas ruins, e queremos tirar essa turma da ociosidade por meio das atividades que o programa oferta. E vamos abrir mais núcleos e turmas para alcançarmos um número cada vez maior de meninos e meninas inseridos em um trabalho que vai transformar eles em pessoas melhores”, finalizou.

Por Edilson Rodrigues

SupCom/ALE-RR