As diversas quedas de energia elétrica registradas nessa terça-feira, 15, e que afetaram oito municípios de Roraima, motivaram o deputado Izaias Maia (PTdoB) a usar a tribuna da Assembleia Legislativa para chamar a atenção das autoridades do Estado, principalmente os representantes da esfera Federal, para que tomem providências acerca do problema. Ele anunciou que no próximo dia 13 de setembro será realizada uma audiência pública para discutir a situação energética do Estado de Roraima.

“A única coisa que peço é que as autoridades que comparecerem à audiência pública falem a verdade. Não adianta falar linguagem técnica porque a população não entende. O momento é de nos unirmos. Um Estado e um município sem energia elétrica é um lugar fantasma e afasta o desenvolvimento, porque várias empresas não vêm para Roraima por falta de energia”, disse o parlamentar.

O desligamento teria ocorrido na Linha de Transmissão de Macágua, que fica na localidade de Las Claritas, na Venezuela. Além de Boa Vista, a interrupção no fornecimento de energia elétrica afetou os consumidores dos municípios de Cantá, Rorainópolis, Alto Alegre, Mucajaí, Caracaraí, Pacaraima, Bonfim, Iracema e São Luiz, todos abastecidos pelo Linhão de Guri. “Tivemos vários blecautes e até agora a força federal do Estado não deu uma palavra de alento para a população. Se estão fazendo alguma coisa, a sociedade não sabe”, disse o parlamentar ao salientar que não acredita que uma ação eficaz, para resolver o problema da energia em Roraima, seja promovida pelo Governo brasileiro, principalmente depois que a Venezuela deixou de integrar o bloco dos países que fazem parte do Mercosul. “Quem tinha esperança de ver que o presidente Michel Temer fizesse alguma coisa, esqueça. O presidente Nicolás Maduro, além de não temer o governo brasileiro, ainda disse palavras fortes, chamando o Michel Temer de filho de ditador, de governo repudiado por 95% do povo brasileiro. Como se vê, está decretada a guerra (energética) entre Venezuela e Brasil”, ressaltou.

Ele disse ainda que “é somente um click para desligar Guri”. “E ninguém vê uma palavra sobre esse assunto por parte dos nossos deputados federais. O problema está acontecendo sempre no mesmo lugar, em Las Claritas. Está do jeito que está e a situação vai piorar. Estou preocupado com os pequenos, porque os grandes compram um gerador e resolvem seus problemas”, afirmou.

O deputado George Melo (PSDC) disse que fica imaginando a situação dos consumidores que pagam a conta de energia em dia e não recebem um serviço satisfatório. “Imagino um cidadão de bem que paga religiosamente sua energia, a mais cara do país, e que ontem, por causa das quedas de energia, teve aparelhos queimados.  Se a bancada de Roraima fez a parte dela, então tem o direito de entrar porta à dentro e cobrar do presidente. Mas sinceramente acho que não foi feito nada, foi uma desculpa para Roraima”, acredita.

 

Marilena Freitas

SupCom/ALE-RR