Pular para o conteúdo

Evento chama atenção para tráfico humano e exploração sexual

Usando a criatividade e a interação por meio de jogos e ambientes personalizados, o Núcleo de Promoção, Prevenção e Atendimento às Mulheres Vítimas de Tráfico de Pessoas, da Procuradoria Especial da Mulher da Assembleia Legislativa de Roraima, levou ao público do Garden Shopping uma programação alusiva ao Dia Internacional contra a Exploração Sexual e o Tráfico de Mulheres e Crianças. O evento foi realizado na tarde deste sábado, 23.

Ana Maria Lora é coordenadora da Rede ‘Um Grito Pela Vida’, uma das instituições parceiras do evento e avaliou a ação como positiva. “É somando forças que conseguimos divulgar mais ainda este problema grave”, pontuou.

A coordenadora do Núcleo, Socorro Santos, explicou que a proposta era principalmente informar a mais pessoas de diferentes classes sociais e idades. “Como parceiro, o shopping nos deu essa oportunidade. Crianças de oito anos passaram a conhecer o assunto por meio dos jogos interativos e informações disponíveis em cartazes e folhetos. O mais importante desse encontro é levar a informação e sensibilizar as pessoas sobre esta realidade”, enfatizou.

Sávio Santos tem 17 anos e é estudante do ensino médio em Boa Vista. Para ele, participar do evento foi esclarecedor. “Foi a primeira vez que participei deste jogo educacional, achei  interessante, pois muitas vezes por falta de informação a pessoa acaba sendo vítima de tráfico. Nós cidadãos precisamos entender qual o nosso papel na sociedade e o valor do ser humano”, opinou.

De forma lúdica, os parceiros exemplificaram como a vítima se transforma em objeto nas mãos da rede do tráfico ao redor do mundo, em alusão ao que ocorre em Amsterdam (Holanda), na famosa rua Red Light District, uma via em que a prostituição é liberada.

Parceiros – Participaram da ação a Defensoria Pública do Estado de Roraima (DPERR), a Diocese de Roraima, o Comitê de Enfrentamento, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Federal (PF), Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR), entre outros.

Tarsira Rodrigues

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0