Pular para o conteúdo

Projeto Educar é Prevenir acontecerá no colégio militar Rittler de Lucena

O Colégio Militar Estadual Dr. Luiz Rittler Brito de Lucena, no bairro Nova Cidade, zona Oeste de Boa Vista, receberá de 16 a 20 de outubro, o projeto Educar é Prevenir da Procuradoria Especial da Mulher, da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), por meio do Núcleo de Promoção e Prevenção as Vítimas de Tráfico de Pessoas.

O principal objetivo do projeto, segundo a coordenadora do Núcleo, Socorro Santos, é sensibilizar a comunidade escolar quanto às questões de violações de direitos. “Para que eles possam assimilar essas questões, pois a violência sexual traz danos irreparáveis. Vamos trabalhar esses profissionais e alunos para que eles façam a diferença e atendam de forma igualitária e humanitária todas as demandas que surgirem e no caso dos alunos, para que eles aprendam a se defender e possam também multiplicar este conhecimento”, disse.

O diretor do Colégio Militar Rittler de Lucena, coronel Cidiney Silva, afirmou que são quase 1.700 alunos na unidade de ensino, e receber o projeto Educar é Prevenir será fundamental para o crescimento intelectual dos adolescentes. “Falar sobre essas questões sociais e também sobre violência é importante, isso vai integrar e agregar valores na educação de nossos jovens”, enfatizou o gestor.

Dia 16, para iniciar os trabalhos que seguem até o dia 20 deste mês, os professores e alunos irão receber o material informativo (como a caixa-jaula, flyers, cartazes, banners e filmes) que será utilizado durante a capacitação que tem como objetivo levar aos alunos e toda a comunidade escolar, informações sobre tráfico de pessoas e violência doméstica.

A programação consiste ainda na capacitação da comunidade escolar, pela equipe do Núcleo de Prevenção ao Tráfico de Pessoas, e na realização de uma roda de conversa, que faz uma apresentação dos trabalhos desenvolvidos durante a semana do evento no colégio.

 

Tarsira Rodrigues

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0