O Procon Assembleia divulga um levantamento com intuito de melhor orientar os consumidores sobre os pacotes de viagens, existentes para o período de férias. A finalidade é, ao reunir várias informações em um documento, colaborar para a redução de gastos e tempo com pesquisas aleatórias, uma vez que esse levantamento possibilita aos consumidores opções de pacotes nacionais, internacionais e até do turismo local, que mais caiba no orçamento do cliente. O trabalho está disponível no endereço eletrônico da Assembleia Legislativa do Estado de Roraima (ALERR)  e para ter acesso clique aqui.

“Entramos em contato com as empresas que oferecem pacotes turísticos nas férias, que nos enviaram os pacotes disponíveis e assim ofertamos ao consumidor o levantamento com os respectivos valores e destinos. Dessa forma, o consumidor poderá verificar com segurança o que poderá fazer nas férias”, explicou Eumária Aguiar, diretora do Procon Assembleia.

O planejamento, explicou a diretora, ainda é a melhor opção para que as férias sejam desfrutadas com segurança e êxito. “Uma dica é buscar informações com relação às empresas que oferecem os pacotes, e observar as regras quando a viagem é por meio de uma companhia aérea como, por exemplo, o tamanho e quilo permitido na bagagem. Observar também o que pode ser feito quando há atraso de voo e o sumiço da mala”, disse. Eumária.

No link http://www.cadastur.turismo.gov.br/cadastur/PesquisarEmpresas.mtur, do site do Ministério do Turismo, é possível ter acesso e conhecer um arsenal de empresas, por unidades da Federação, e os serviços oferecidos por essas prestadoras como guia de turismo, agências, casas de espetáculo, centro de convenções, locadoras de veículos, hotéis, parques temáticos, restaurantes e transportadores.

“Esses prestadores de serviços estão cadastrados no site do Ministério do Turismo. São empresas regulamentadas e com CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica). Essa segurança ajuda para que o consumidor não seja enganado ou venha a cair em um golpe. É importante estar preparado para todas as situações que possam vir a ocorrer, e neste sentido, a pesquisa do Procon auxilia neste processo”, reforçou Eumária.

A jornalista Alexsandra Sampaio não abre mão de um bom planejamento antes de afivelar as malas e partir para curtir as férias. “Procuro me planejar com antecedência, faço pesquisas nos sites de viagem que oferecem promoções, de hospedagem e de veículo. No caso da hospedagem tenho um plano que pago ao longo do ano que me dá o direito a sete diárias. Enquanto que, sobre as passagens, fico pesquisando, cadastro-me nos sites, e no momento em que aparece uma promoção, recebo o alerta por meio do celular. Com relação ao veículo, uso um plano para conseguir um desconto na hora de alugar”, contou.

Como forma de se precaver de situações desagradáveis, a jornalista afirmou que procura sempre estar atenta a possíveis golpes. “Tento evitar comprar passagens com quem não conheço. Mas se por acaso aparecer um valor que chama muito atenção, o principal cuidado é depois que receber a passagem pegar o localizador, ligar para a companhia aérea e checar se a passagem está emitida, paga, e os horários de saída e chegada do voo. É fácil fazer isso. E se não fizer logo após receber o bilhete, hoje temos a opção de fazer o check-in três dias antes de viajar. Às vezes, as pessoas recebem o bilhete com a reserva da passagem e não ligam, e no dia da viagem quando chega ao aeroporto não tem passagem, vem a decepção. O planejamento com antecedência tem grandes vantagens, pois quando se viaja com tudo pago e previamente conferido, leva-se dinheiro só para se divertir, gastar com a alimentação e com o que aparecer de surpresa, como um passeio bacana”, ressaltou.

Por Marilena Freitas

SupCom/ALE-RR