No máximo em 30 dias, a Assembleia Legislativa de Roraima lançará o edital de concurso público, para o preenchimento de 32 vagas, entre níveis médio e superior. O salário bruto inicial varia de R$ 3.218,50 a R$ 7.903,10. O certame que será organizado pela Funrio (Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência), deve ser realizado ainda neste primeiro semestre, com a perspectiva de contratação imediata.

O procurador-geral da Assembleia Legislativa de Roraima, Andreive Ribeiro, informou que a escolha da instituição já foi publicada no Diário da Assembleia e semana que vem será feita a assinatura do contrato com a Funrio e, a partir daí, a instituição vai propor o edital, com informações importantes. “Nesse edital virá o prazo e o valor de inscrição, data da prova, os assuntos que irão cair na prova, entre outras”.

O concurso está ofertando 32 vagas, sendo 22 para nível superior, com salário bruto inicial R$ 6.079,31, mas para o cargo de Procurador o salário é R$ 7.903,10. Já para nível médio são 10 vagas e o salário bruto inicial será de R$ 3.218,50. “Podemos adiantar que o valor da taxa de inscrição para nível médio custará R$100, nível superior R$150 e para o cargo de Procurador será de R$200”, acrescentou Ribeiro.

Segundo ele, as vagas irão suprir a necessidade da Casa, e surgiram por razões diversas como servidores que se aposentaram, que pediram exoneração por motivo de mudança de Estado, entre outras.

A realização desse concurso é um compromisso do presidente da Assembleia, deputado Jalser Renier (SD). “A Casa irá oportunizar a população que almeja a ingressar no serviço público, inclusive promovemos, por meio da Escola do Legislativo, cursos preparatórios gratuitos para concursos. É o sonho de muitas pessoas terem uma estabilidade financeira e essa será a chance com esse concurso da Assembleia Legislativa, que irá contribuir significativamente para a vida daqueles que estão se preparando para concorrer a uma oportunidade de emprego”.

Por Edilson Rodrigues

SupCom/ALE-RR