Com pouco mais de dois anos de implantação, a TV Assembleia – canal 57.3, produziu uma reportagem sobre a imigração venezuelana em Roraima, que está batendo recordes. Na rede social Facebook, onde foi postada no último dia 17, a reportagem foi vista por mais de um milhão de pessoa.

A repercussão foi tanta que Theressa Canova, diretora do canal NTN24 TV (Nuestra Tele Notícias), com sede em Bogotá, capital da Colômbia, solicitou, via e-mail, a reportagem para exibição no referido canal, que atinge toda a América do Sul, Estados Unidos e Europa, por meio da plataforma de satélite da DirecTV, SKY e dos sistemas de cabos Claro, Movistar e UNE.

A matéria foi produzida pela jornalista Lana Francis e pelo cinegrafista Guilherme Simões. A repórter conta que saiu de Boa Vista pautada para cobrir a visita de uma autoridade ao município de Pacaraima, distante 218 quilômetros da capital de Roraima. “Faltando uns 50 quilômetros para chegarmos a Pacaraima, percebi vários grupos de venezuelanos caminhando, sob um sol muito quente. Curiosa, pedi ao nosso motorista para parar e fui conversar com essas pessoas. A cada relato, mas eu tinha certeza de que precisava fazer uma reportagem”, comenta.

Lana ressalta que são histórias tristes. “Inclusive fiquei muito emocionada, mas não podia demonstrar esse sentimento durante as entrevistas. Falamos com homens e mulheres que fugiram e ainda fogem da crise que assola a Venezuela, e faz com que famílias inteiras abandonem suas casas em busca de uma vida melhor. Quem ainda consegue sair do país com bolívar (moeda venezuelana) tem condições de chegar a Boa Vista de ônibus ou de táxi, e quem não tem dinheiro o jeito é fazer essa caminha longa, cansativa”.

Sobre a repercussão da matéria, a repórter disse que não esperava essa quantidade de acessos na página da Assembleia no Facebook e muito menos o interesse de um canal de TV da Colômbia. “Isso tudo talvez seja porque é um assunto atual e amplamente divulgado no mundo todo, e muitas pessoas ainda ficam sensibilizadas com a situação dos venezuelanos e revoltadas com o regime ditador do Nicolás Maduro”, ponderou.

O conteúdo também despertou o interesse do canal NTN24 TV e de seus telespectadores sobre Roraima e sua população. Tanto que os diretores já demonstraram interesse em exibir outras reportagens produzidas pela TV Assembleia.

A matéria pode ser acessada na página da Assembleia no Facebook, por meio do link: https://www.facebook.com/ale.roraima/videos/1990699064522670/

Por Edilson Rodrigues

SupCom/ALE-RR