O deputado Izaias Maia ((PTdoB), subiu à tribuna da Assembleia Legislativa de Roraima na sessão dessa quarta-feira, 21, para questionar o motivo de várias denúncias contra o Governo não estarem sendo investigadas com rigor.

Afirmou também que foi contra a autorização de empréstimo para o Governo. “Nesta Casa foram feitas várias denúncias contra o Governo do Estado nas áreas de Segurança, Saúde. Os 24 deputados, tanto da Oposição quanto Situação, têm obrigação de fiscalizar os atos do governo. A investigação do sistema prisional começou numa velocidade e depois tudo ficou na tranquilidade. Por quê se parou no meio do caminho?”, questionou.

O parlamentar defende a continuidade das investigações. “Uma coisa é dizer que o Governo está desviando da Saúde e Segurança. Tem provas? Então segue em frente e quem rouba o Estado de Roraima tem que ir para a cadeia. O Brasil está sendo passado a limpo e tem meio mundo de engravatados na cadeia, gente que nunca pensava que iria preso. É só para chamar a atenção de nós mesmos, parlamentares”, disse.

No entendimento dele, tanto os parlamentares quanto o Governo têm a obrigação de ter responsabilidade por serem representantes legítimos da população. “O Governo do Estado sendo investigado, e mesmo assim estavam vendo como se faria para que a Assembleia autorizasse o empréstimo de mais de R$ 100 milhões. Como se vai dar dinheiro para alguém, se a pessoa está sendo investigada? Primeiro tem que se investigar, e depois que receber o alvará de limpeza de seriedade, se libera até trilhões”, criticou.

O deputado George Melo (PSDC) disse que se sente impotente diante das inúmeras denúncias que não são investigadas. “Às vezes me sinto sem forças por não ver as coisas acontecerem. Mas sabemos também que muitos processos andam quando acaba o mandato, como é o caso do ex-governador do Amazonas (AM), José Melo, que quando saiu do governo foi para a cadeia. Com base nessa experiência, acho que quando esse governo acabar vai faltar cela para colocar gente”, lembrou.

As promessas do governo federal também foram alvo de Izaias Maia. “O Governo Temer tem 97% de rejeição. Só promessas para o Estado de Roraima. Não mexeram uma palha pelo Linhão de Tucuruí, na corrente do aluguel e, a imigração venezuelana avança. Governos que nãos fizeram em quatro anos não vão fazer em oito meses. É tapar o sol com a peneira e enganar o povo”, reforçou.

Por Marilena Freitas

SupCom/ALE-RR