Fotos: SupCom ALERR

O deputado Gabriel Picanço (PRB) foi eleito primeiro vice-presidente do Parlamento Amazônico, durante a 22ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos (Unale), que ocorreu em Gramado no Rio Grande do Sul (RS). Ele atuará no biênio 2018/2019. Picanço adiantou que uma das pautas principais será destravar o processo da construção referente às obras da linha de transmissão de energia elétrica entre Manaus (AM) e Boa Vista (RR), o Linhão de Tucuruí.

“O Parlamento Amazônico é uma associação muito importante e irá nos ajudar a conseguir avanços fundamentais para Roraima, pois nossos interesses são diferentes das demais regiões do País. Aqui temos outras prioridades e a união com os demais parlamentares de outros estados da região Norte é essencial para chegarmos ao nosso objetivo, como a regularização das terras e construção do Linhão de Tucuruí, que trará a segurança energética para o Estado de Roraima. Vamos conseguir, tenho certeza”, afirmou o 1º vice-presidente. E a primeira reunião do Parlamento Amazônico, no que diz respeito a nova gestão, já está agendada segundo Picanço. “Já marcamos para junho o primeiro encontrodo Parlamento Amazônico, porém a data ainda será confirmada. Na ocasião os 252 deputados da Amazônia irão se reunir e colocar na mesa de discussões as principais demandas dos Estados que compõem o grupo”, confirmou.

Do Estado – O novo presidente do Parlamento Amazônico, para o biênio 2018/2019, é o deputado Wellington do Curso (PP), do Maranhão. De Roraima foram eleitos, além do deputado Gabriel Picanço (PRB), 1º vice-presidente; Lenir Rodrigues (PPS), primeira-secretária; Coronel Chagas (PRTB), secretário de Minas e Energia; Zé Galeto do (SD), secretaria de Agricultura; e o deputado Joaquim Ruiz (PDT), membro do Conselho Fiscal da Unale. O Parlamento Amazônico é formado por 252 deputados estaduais dos nove Estados que compõem a Amazônia Legal brasileira: Amazonas, Acre, Amapá, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Pará, Maranhão e Tocantins. O objetivo é buscar alternativas que aliem desenvolvimento sustentável e crescimento econômico para os desafios vivenciados na Amazônia.

Tesoureiro – Gabriel Picanço foi eleito ainda tesoureiro da União Nacional dos Legisladores e Legislativos (Unale). “A Unale é muito forte, somos 1.059 deputados e para mim é um orgulho, pois trata-se de uma instituição gigante onde poderemos também trabalhar em defesa dos direitos do nosso Estado”, enfatizou o parlamentar de Roraima.

 

Tarsira Rodrigues

SupCom ALERR