Ação faz parte do projeto Diálogo na Sala de Espera, parceria entre a Assembleia Legislativa e a Defensoria Pública do Estado

 

Foto: SupCom ALERR

Durante todo o mês, a Escola do Legislativo tem levado informações sobre vários temas à população assistida pela Defensoria Pública do Estado, por meio do projeto Diálogo na Sala de Espera.  A importância dos valores familiares foi abordada nesta segunda-feira (25) e nesta terça-feira (26), o Procon Assembleia falará sobre o direito do consumidor, no hall da instituição, localizada na avenida Sebastião Diniz, Centro.

O palestrante desta segunda-feira, Ademir Barros, ressaltou a necessidade do estreitamento dos laços familiares por meio do diálogo. “Muitos valores permanentes estão se perdendo, dando lugar apegos de pouca importância para o âmbito familiar. Um deles é a falta de diálogo entre os membros da família”, disse.

Nota-se, conforme ele, a ausência da conversa franca e daquele momento descontraído em que os membros da família param no tempo para sorrir e dialogar. “É preciso colocar para fora, através da conversa, o que se está sentido. Essa falta de diálogo está levando a família para um caminho muito negativo. É preciso resgatar os valores da comunicação entre os familiares”, orientou.

O assessor especial do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF) da Defensoria, Celson Figueiredo Cruz, salientou que o tema se ajustou àquele momento, uma vez que a maior demanda da Defensoria Pública são litígios envolvendo a família, como divórcio e pensão alimentícia.

“Essa parceria tem sido importante porque os profissionais da Assembleia, por meio dos projetos e programas, vêm trazer informações importantes para as pessoas que ficam na sala de espera. Tenho certeza que os valores passados durante essa palestra vão ajudar as pessoas a se sensibilizarem sobre a importância de manter a família unida, inclusive para o bem-estar das crianças”, afirmou.

O servidor público Antônio Neto avaliou o assunto abordado como relevante para quem vai em busca de atendimento. “Quem busca a Defensoria, já chega aqui tenso. É muito positivo se deparar com uma palestra, cujo assunto é relativo ao que se está procurando. O assunto abordado pela Assembleia foi ao encontro dessas pessoas”, disse.

Durante essa parceria já foram ministradas palestra sobre o uso do celular, atitudes empreendedoras e a responsabilidade individual e coletiva no processo da educação ambiental.

 

Marilena Freitas

SupCom ALERR