Serviço de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa consultou preços em 10 postos de combustíveis na Capital

O Procon Assembleia realizou, nesta semana, um levantamento de preço de gasolina em dez postos de combustíveis na Capital, tanto na região central quanto na periferia da cidade. Essa medida é uma forma de orientar o consumidor e inibir cobranças abusivas.

O levantamento aponta que a gasolina comum sofre uma variação de R$ 4,12 a R$ 4,29 no pagamento em dinheiro, e de R$ 4,25 a R$ 4,39 no cartão de crédito. O valor de R$ 4,12 é praticado apenas por um dos estabelecimentos consultados. Já a gasolina aditivada apresenta variação de R$ 4,17 a R$ 4,39 no pagamento à vista.

“O levantamento é para que o consumidor possa escolher onde deseja comprar o combustível. O fornecedor deve ficar atento para que não cometa o crime de combinar preço com outros, para eliminar a concorrência [cartel]”, explicou a diretora do Procon Assembleia, Eumária Aguiar.

A diretora alerta que se na hora da compra o consumidor perceber que a gasolina apresenta baixa qualidade, cobrança abusiva ou alguma outra atitude irregular, pode denunciar ao Procon Assembleia. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30, na rua Agnelo Bittencourt, nº 232, Centro. Mais informações pelo telefone 4009-4826.

Confira o levantamento de preços clicando aqui

 

Texto: Vanessa Brito

Foto: Reprodução TV ALE

SupCom ALE-RR