Pular para o conteúdo

Curso de Libras é ofertado pela primeira vez no Núcleo da ALE-RR em Mucajaí

Turma engloba pessoas que querem aprender nova forma de comunicação para se relacionarem melhor com pessoas surdas na vida pessoal e no trabalho

O vendedor Rodrigo Neres, de 20 anos, lida com vários tipos de clientes no ambiente de trabalho, entre eles pessoas surdas que se comunicam apenas em Libras (Linguagem Brasileira de Sinais). Essa situação levou o jovem a reservar o horário da noite para aprender essa língua no Núcleo da Assembleia Legislativa em Mucajaí. O curso começou nesta segunda-feira (27) e é ofertado pela primeira vez na unidade.

Criada para promover a inclusão social de surdos, a Libras é uma forma de linguagem com estrutura gramatical própria, que em vez do som, utiliza os gestos como meio de comunicação. “O que me motivou foi nunca ter um contato com Libras, para falar com surdos. Tô muito alegre com essa oportunidade, espero aproveitar muito”, disse o vendedor.

Débora de Jesus, de 17 anos, já conseguiu aprender o alfabeto. Ela explica que esta é uma forma de interagir com as pessoas surdas, e ajudar no processo de socialização. “Para mim, o curso é muito importante. Hoje em dia, para a pessoa saber se comunicar com os surdos, precisamos desta disciplina”, explicou.

Na primeira aula, a professora Claudia Borges ensinou ainda saudações, e apresentou os principais gestos. A turma possui 58 alunos, entre jovens e adultos, e as aulas ocorrem às segundas, quartas e sextas-feiras, no período da noite. “O curso é de suma importância, uma forma de incluir as pessoas surdas, pois Libras permite entender o outro”, explicou.

A professora explica que ensinar a língua de sinais no município permite que as pessoas ouvintes possam interagir com os surdos, que muitas vezes são excluídos por conta da dificuldade na comunicação.

O curso de Libras já foi ofertado pela Escola do Legislativo em Boa Vista, Alto Alegre e Caracaraí.  Mais informações sobre os cursos ofertados em Mucajaí podem ser obtidas diretamente na unidade, localizada na rua Padre Ricardo Silvestre, s/n, Centro.

Texto: Vanessa Brito

Foto:  Eduardo Andrade

SupCom ALE-RR

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0