Nesta segunda-feira (3), o Procon Assembleia iniciou a implantação do sistema virtual Pró Consumidor, da Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor). A plataforma permite a inserção das demandas de consumidores que procuram o órgão de defesa, as quais poderão ser acompanhadas posteriormente pela plataforma. O sistema permite que as empresas cadastradas também tenham acesso ao andamento sem a necessidade de comparecer à sede do Procon.

Como parte desta integração, o Procon Assembleia convidou representantes da Caerr (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima), Roraima Energia e CDL (Câmara de Dirigentes e Lojistas), para explicar o funcionamento da plataforma.

Por intermédio do órgão de defesa do consumidor, os fornecedores de produtos e/ou serviços poderão se cadastrar no sistema da Senacon. “A Secretaria vai fazer a habilitação no sistema dessas empresas e a partir daí elas tornam-se virtuais. Os técnicos do Procon encaminharão as reclamações ao sistema, sem ter que imprimir ou encaminhar pelos Correios, tudo isso será por meio do Sistema Integrado Nacional”, explicou o diretor do Procon Assembleia, Jhonatan Rodrigues.

Atentos às explicações, os representantes das empresas aproveitaram o momento para tirar dúvidas. O diretor de relações institucionais da CDL, Fabiano de Cristo, compartilhará a informação com os lojistas associados à instituição para que eles façam a adesão ao sistema.

“Essa iniciativa do Governo Federal é muito importante para minimizar o processo, que as inconsistências ou insatisfações sejam resolvidas consensualmente e que ambos [lojista e cliente] saiam satisfeitos”. Fabiano de Cristo aproveitou o momento e solicitou uma palestra do Procon Assembleia para os lojistas terem ainda mais conhecimentos sobre o Pró Consumidor, adesão e funcionalidade do sistema. A data será definida entre as instituições.

O analista comercial da Roraima Energia, Silvio Carneiro, comparou o Pró Consumidor ao sistema Projudi, do Judiciário. “Em termos de agilidade, eficiência e respostas ao tratamento dessas reclamações.”

Pró Consumidor

Roraima é terceiro Estado a receber o sistema virtual Pró Consumidor, disponibilizado pelo Governo Federal.  Agora, quando o consumidor formalizar uma denúncia ao Procon Assembleia, por telefone, presencialmente ou por correspondência, estas informações serão incluídas no Sistema Pró Consumidor.

Segundo o diretor do Procon Assembleia, Jhonatan Rodrigues, a partir de agora os procedimentos serão totalmente digitais, então o consumidor terá a possibilidade de receber informações sobre o andamento de sua demanda por e-mail. “Isso tudo na comodidade, sem precisar se dirigir até a sede física para saber do andamento processual.”

O diretor destaca que as demandas anteriores com audiências marcadas também serão lançadas pelos técnicos no sistema. “A proposta é alimentar o sistema e pôr um fim no processo físico realizado pelo Procon Assembleia.”

Os interessados por procurar o Procon Assembleia, localizado na rua Agnelo Bittencourt, nº 232, Centro de Boa Vista, das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. Outras informações 4009-4826.

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Jader Souza

SupCom ALE-RR