Neste ano, o programa Abrindo Caminhos, da Assembleia Legislativa de Roraima, abriu mais mil vagas, chegando a 3 mil o número de crianças e adolescentes da capital que terão acesso a aulas em modalidades artísticas, educacionais e esportivas, gratuitamente.

Com três anos de atuação, a iniciativa da Assembleia Legislativa de Roraima atende famílias roraimenses que enfrentam barreiras sociais e econômicas para ter os filhos de 5 a 17 anos em atividades extraclasse. Por meio desta política pública, estes alunos têm acesso a aulas de balé, ginástica rítmica, jiu-jítsu, jazz, informática, coral, teatro, violão, karatê e informática. A única cobrança do programa com os pais, é que os alunos tenham um bom desempenho na escola.

“É muito importante oportunizar isso para ocupar a mente da criança na instituição, para que ela possa procurar algo e se identificar, ela poder crescer profissionalmente e, ali descobrir um sonho. Com elas, sempre enfatizamos a disciplina e o caráter”, explica a diretora do Abrindo Caminhos, Viviane Lima.

O Abrindo Caminhos contará com uma nova sede e é graças a essa mudança que será possível ampliar o número de vagas e de modalidades. Uma das propostas é ter um olhar especial para alunos com autismo. Em 2019, a instituição acolheu 12 alunos com esse diagnóstico e a expectativa é que este número seja ampliado.

Além das aulas, o programa realiza rodas de conversas, oficinas com os pais, workshop com atletas renomados, e possui atendimento psicológico para acolher as crianças e os familiares, além da assistência em enfermagem. O programa também atende os moradores do interior, em Caracaraí, Alto Alegre, Mucajaí e Rorainópolis, por meio dos núcleos do Poder Legislativo.

Matrículas

A instituição divulgou a lista de matriculados deste ano na última terça-feira (19). Os pais ou responsáveis podem conferir os dados na sede da instituição, localizada na avenida São Sebastião, 883, bairro Cambará, das 8h às 12h, e 14h às 18h. “Se você inscreveu o seu filho nas modalidades, deve procurar o programa para ver a lista, com o nome da criança, para que saiba a turma, os dias e os horários das aulas”, diretora Viviane Lima.

As atividades retornarão na primeira quinzena de março. Ainda há vagas para aulas de coral. Para matrícula, os pais ou responsáveis devem apresentar RG (Registro Geral) e CPF (Cadastro de Pessoa Física). Da criança, é necessário apresentar cópias de certidão de nascimento ou RG, declaração escolar, comprovante de residência, cartão de vacina, e foto 3×4. Mais informações pelo telefone 98402-5014.

Texto: Vanessa Brito

Foto: Arquivo/ SupCom ALE-RR

SupCom ALE-RR