Os membros da Comissão de Relações Fronteiriças, da Assembleia Legislativa de Roraima, se reuniram após sessão plenária desta terça-feira (10), e decidiram solicitar dados do Exército Brasileiro referente à situação da fronteira. Uma das preocupações é a entrada do coronavírus no Estado.

A presidente da comissão, Yonny Pedroso (SD), explicou que ofícios serão enviados para o Exército Brasileiro, solicitando informações de quais trabalhos desenvolvidos na fronteira. “Precisamos de dados, e de um balanço de como está a situação da fronteira. Iremos solicitar uma viagem a Brasília para apresentar essas informações, e buscar ajuda para solucionar os problemas.”

Devido à preocupação com o coronavírus, a comissão já solicitou da Secretária Estadual de Saúde (Sesau) e da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), informações sobre barreiras sanitárias na fronteira, mas ainda não obteve respostas.

O Estado não tem caso confirmado, porém a Comissão Fronteiriça da Assembleia Legislativa está buscando formas de prevenir e informar a população sobre os cuidados. “É um novo vírus, e todos precisam estar informados, moramos em um Estado de fronteira, e isso nos deixa em alerta”, esclareceu a deputada Yonny Pedroso.

A comissão vai convidar o secretário estadual de Saúde para saber quais medidas estão sendo tomadas em relação à prevenção do vírus. Também será proposto pela comissão uma campanha informativa.

Estavam presentes na reunião os deputados Jeferson Alves (PTB), Renan Filho (Republicanos) e Tayla Peres (PRTB).

 

Texto: Ana Lucia Montel

Foto: H.Emiliano

SupCom ALE-RR