A dona de casa Joserlaine de Lima, de 40 anos, já sentiu na pele a dificuldade de se comunicar com pessoas estrangeiras devido à barreira do idioma. Mas a dificuldade a fez tomar uma decisão: se matricular nos cursos de inglês e espanhol pela plataforma de ensino a distância da Escola do Legislativo.

“Eu fui à feira e precisei perguntar o preço de um objeto, a pessoa que estava vendendo não sabia falar português fluente, ela não conseguiu explicar e eu não consegui entender, ali eu fiquei muito presa, sem saber como dialogar com ela”, disse Joserlaine.

A dona de casa escolheu os cursos de inglês e espanhol para aproveitar a oportunidade disponibilizada pela Assembleia Legislativa. “A importância de eu ter escolhido fazer os dois cursos de idiomas foi pela facilidade que a Escola do Legislativo oferece para nós, ter um bom diálogo com nossos amigos imigrantes. Tanto o espanhol quanto o inglês ele é presente nas nossas vidas aqui no estado de Roraima”, explicou.

Mesmo com a rotina de dona de casa, Jorselaine separou um tempo para se dedicar aos estudos, e contou que já está na expectativa para o início das aulas. “Acordo cedo, preparo o café, faço as minhas atividades, eu tenho uma criança de sete anos, faço o almoço, tudo isso pela manhã. Durante a tarde tenho o tempo livre, e nesse tempo livre eu decidi preencher fazendo os cursos.”

Ela espera ainda que os cursos ajudem a abrir as portas do mercado de trabalho. “A minha expectativa é uma das melhores. Através do conhecimento que a Escola do Legislativo irá proporcionar isso também vai me ajudar entrar no mercado de trabalho com o apoio da Escola do Legislativo.”

Aulas  

Foram ofertadas 6 mil vagas pela Escola do Legislativo. As matrículas vão até às 23h pelo site da Assembleia Legislativa de Roraima (www.al.rr.leg.br). Quem se matriculou poderá assistir às aulas a partir do dia 17. Para ter acesso aos conteúdos, basta entrar no site, depois clicar no banner da Escola do Legislativo. Para fazer o login é só digitar o e-mail @escola.al.rr.leg.br e a senha, formada pelos seis primeiros dígitos do CPF.

Para a diretora da instituição, Cristina Mello, na primeira etapa de inscrições para cursos de idiomas, a avaliação é positiva. “Atendemos a necessidade de toda comunidade e toda população e isso faz a diferença. Você que está em casa e ainda não teve a oportunidade de se inscrever na plataforma EAD, fique atento pois todo mês nós temos novidades.”

Texto: Ana Lucia Montel 

SupCom ALE-RR