Mais que um lazer, o ensino musical interfere, de maneira positiva, em todos os aspectos na vida da criança e do adolescente desde o primeiro contato. A atividade amplia a capacidade cerebral e faz com que o desenvolvimento cognitivo ocorra com mais rapidez. Ou seja, além de outros benefícios sociais e psicológicos, quem aprende a tocar um instrumento também amplia sua capacidade de obter outros conhecimentos.

Os adolescentes Renan e Rodrigo Azevedo, 14 e 16 anos, respectivamente são alunos de violão do programa Abrindo Caminhos, da Assembleia Legislativa de Roraima, desde o início deste ano. Antes de ingressarem nas aulas, eles já sabiam tocar saxofone e começaram no violão em 2017.

A busca pelo conhecimento de ambos foi para aprimorar conhecimento. “Com auxílio do professor [Israel Mafra], músico qualificado, eu pude aprender muito mais”, conta Rodrigo. Renan resume o significado da música na vida da família. “A música representa paz, as coisas ruins vão embora”, declarou. Os rapazes tocam na igreja onde congregam.

O pai dos garotos, Renato Barbosa, pontuou que o contato com a música trouxe habilidades para toda a vida. “Isso cientificamente comprovado de quem estudou um instrumento musical ele tem o desenvolvimento das células cerebrais de forma muito mais avançada a uma pessoa que não teve essa oportunidade de estudar música ou cantar”.

Diversos são os benefícios da música no organismo do ser humano elencados pelo professor de violão do programa Abrindo Caminhos, Israel Mafra. “É muito positivo para eles em todos os sentidos, inclusive na questão escolar. Eles desenvolvem muito mais que os outros isso é comprovado cientificamente”.

Esta é a primeira vez que o programa Abrindo Caminhos oferta a modalidade de Violão em Boa Vista. Antes a oferta ocorria somente no Núcleo da Assembleia Legislativa em Alto Alegre, a 95 quilômetros da capital. São 100 alunos divididos em cinco turmas.

Neste momento de suspensão das aulas presenciais devido a presença do Covid-19, Israel Mafra tem usado as redes sociais para interagir com os alunos e manter o cronograma de atividades. Videoaulas são compartilhadas e há retorno positivo por parte dos estudantes. “Baseado em cada tópico a gente cria um vídeo e em cada vídeo a gente não procura se estender muito, 3 a 4 minutos e a gente leva a eles alguma situação”, pontuou.

Israel Mafra aponta os principais benefícios do contato com a música, seja no aprendizado sobre instrumento, na escuta ou no cantar:

·        Amplia a capacidade de memória;

·        Concentração e senso cognitivo mais aguçado;

·        Aprimora a perseverança;

·        Auxilia no gerenciamento e organização do tempo;

·        Desenvolve a coordenação motora;

·        Apura habilidades matemáticas;

·        Evolui a leitura e a compreensão textual;

·        Incentiva conhecimento de História;

·        Torna a pessoa mais expressiva;

·        Alivia o estresse;

·        Estimula a disciplina;

·        Reduz o medo de falar em público;

·        Promove a felicidade.

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Jader Souza / Eduardo Andrade

SupCom ALE-RR