Duas vezes por semana ele sai de casa e vai para as aulas de balé, numa das mais renomadas escolas de dança de Boa Vista. Essa realidade de John Wesley Rocha, de 18 anos, é uma conquista alcançada graças ao programa Abrindo Caminhos, da Assembleia Legislativa de Roraima.

Após uma apresentação natalina, Wesley ganhou uma bolsa integral nessa escola de dança. À época ele ainda era aluno do Abrindo Caminhos, que atende jovens até os 17 anos de idade. O interesse pela dança cresceu na igreja, onde dançava hip hop. Em 2017, ele teve o primeiro contato com o balé.

“Eu saí de um ensaio e passei na frente [sede do programa Abrindo Caminhos]. Vi o projeto e me interessei”, comentou o jovem, acrescentando que durante seis meses, aprendeu sobre postura, expressão, alongamento e outras técnicas. Para o jovem, o programa foi a base para iniciar essa trajetória na dança e a conquista da bolsa de estudos. “O Abrindo Caminhos representa a minha fundação. Se tornou a minha casa a partir do momento que eu entrei e comecei a aprender”, comentou Wesley.

O jovem também ajudou o irmão mais velho, André Rocha, de 23 anos, a conquistar uma bolsa na escola de dança. “Dançar aqui hoje, representa uma conquista porque eu não tinha condições nenhuma de pagar a mensalidade. Receber uma bolsa foi um mérito muito grande, porque eu venho de uma família pobre”, disse.

Mas John Wesley tem sonhos mais amplos. Ele quer fazer uma faculdade de dança e ajudar a descobrir novos talentos em Roraima. “Estudar, voltar para o Estado e fazer com outras pessoas o que aconteceu comigo: oferecer a oportunidade para crescerem e trabalharem no talento que elas têm”, finalizou.

 

Texto: Vanessa Brito

Foto: Eduardo Andrade

SupCom ALE-RR