Para incentivar a doação de cabelos para pacientes com câncer, nesta segunda-feira (26), o CHAME (Centro Humanitário de Apoio à Mulher) incentivou os assistidos do Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados (SJMR) a cortarem os cabelos para doarem. Essa atividade faz parte da Campanha Outubro Rosa.
Quem aderiu ao ato solidário foi a jovem Yarisleni Padilla, de 24 anos. Ela estava há um ano sem cortar os cabelos lisos pretos, mas decidiu desapegar para alegrar quem for receber essa doação. “É uma boa causa, eu gostei muito porque foi a primeira vez que doei o meu cabelo para alguém. O sentimento é de felicidade porque sei que é difícil para uma pessoa, uma mulher ou menina que já não tem mais cabelos.”
Yarisleni ainda incentivou a prima Eugeni Santacruz, de 27 anos, a ter à mesma atitude de pensar no próximo. “Eu estou muito contente em participar dessa ação, sei que não é fácil para uma mulher perder os cabelos”, disse animada. Eugeni estava há sete anos sem cortar os cabelos cacheados pretos e contou que fez essa doação de coração. A família mora em Roraima há dois anos.
Os cabelos da Yarisleni e Eugeni serão enviados para a ONG Rapunzel Solidária que confecciona e doa perucas para crianças, jovens e adultos que estão em tratamento contra o câncer.
O CHAME foi convidado pelo projeto de Coexistência Pacífica, do SJMR. O Centro disponibilizou um cabeleireiro para fazer os cortes de cabelos dos assistidos, na igreja São Bento, no bairro liberdade. “Eu também doei o meu. É um ato de amor maior que qualquer um pode fazer e colaborar na luta das mulheres que estão enfrentando o câncer de mama”, explicou a coordenadora do projeto, Verônica Rodriguez.
Instituições que desejam aderir a esse ato solidário, podem solicitar o corte gratuito ao pelo número 98402-0502 (Zap CHAME), informou a coordenadora do CHAME, Elizabete Brito. “Quem estiver querendo doar os cabelos e não tem como cortar e se for uma ação grande, podemos ir até a instituição, levando o cabeleireiro e a caixa de doação”.
O CHAME arrecada cabelos até o dia 31 desse mês, das 7h30 às 13h30, na sede localizada na rua Coronel Pinto, esquina com a Ville Roy.  Quem não tiver como doar cabelos, pode contribuir com lenços que serão destinados as pacientes da Unacon do HGR (Hospital Geral de Roraima).
Como doar cabelos? 
Para realizar o corte para a doação é necessário que o cabelo tenha mais 20 centímetros. São aceitos quaisquer tipos de cabelo, de qualquer cor, inclusive grisalhos. Pode ter química, ser liso ou crespo.
É importante comunicar ao cabeleireiro que está cortando para doar. O cabelo deverá ser preso bem firme com elástico. O corte deverá ser feito com o cabelo seco, pois se estiverem molhados ou sujos, podem estragar e poderão de ser descartados.
Texto: Vanessa Brito
Foto: Jader Souza
SupCom ALE-RR