“Eu comecei a ter falta de ar, dificuldades para respirar, angústia. Eu achei que estivesse infartando, tivesse morrendo ou algo parecido”, descreveu a professora Bianca Sequeira, ao passar pela primeira crise de ansiedade em uma noite, após defender uma dissertação de mestrado, em 2004. Esse é um dos relatos que fazem parte do documentário “A ansiedade nossa de cada dia”, da TV Assembleia (canal 57.3), que estreia nesta quarta-feira (2).

É normal a pessoa sentir uma ansiedade diante de um desafio ou mudança na vida explicou o psicólogo Wagner Costa. “Eu vou gravar uma entrevista, é normal criar uma expectativa. É normal que o meu coração acelere um pouco, é normal que eu fique meio apreensivo com aquilo”.

Mas essa ansiedade deixa de ser normal quando começa a interferir na vida pessoal e profissional, explicou o psicólogo. Ele exemplificou quando uma criança tem medo de ser reprovada então se dedica ao máximo nos estudos. Mas, às vezes essa dedicação esconde o medo de fracassar. “Isso aparentemente é bom, mas ao longo da vida, a criança vai viver sempre estressada e um dia vai cansar, um dia vai ter um ‘bum’, um ataque de pânico, que seria a ansiedade aguda”.

O que atrapalha as pessoas a pedirem ajuda para tratar a ansiedade é o preconceito. “Tem muitas pessoas ansiosas, muitas sofrendo, sentindo ataques de pânico em determinadas situações e não buscam ajuda porque têm medo de ser rotulada como doida”, disse o psicólogo.

Para informar a população sobre o assunto e ajudar a quebrar esse preconceito, a TV Assembleia produziu esse documentário para encorajar as pessoas a procurarem por tratamento médico. O jornalista Johann Barbosa foi quem conduziu esse trabalho. “A ideia surgiu por ser um tema relevante, algo que muitas pessoas sofrem. Trazendo à tona, esperamos que ajude as pessoas que possam estar com ansiedade ou algo relacionado a isso, a procurar um tratamento”. O documentário será exibido a partir desta quarta-feira (2) às 11h, 13h35, 17h30 e 21h35 e será disponibilizado no YouTube (@assembleiarr).

Próxima estreia

Outra produção é um documentário que mostra a atuação do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR), que se reinventou nesse cenário de pandemia da covid-19 para prosseguir o serviço judiciário ao cidadão. “Principalmente usando a tecnologia para fazer as audiências remotas para acompanhar os processos, até a entrega das intimações feitas de maneira mais tecnológica”, explicou o jornalista. O material é fruto de uma série de reportagens da emissora. A estreia está prevista para a próxima sexta-feira (4).

Texto: Vanessa Brito

Foto:  Reprodução da TV Assembleia

SupCom ALE-RR