Nesta terça-feira (9), os deputados da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) aprovaram o requerimento apresentado pela deputada Lenir Rodrigues (Cidadania), para que sejam solicitadas informações, em caráter de urgência, sobre ações desenvolvidas em prol da população indígena contra a covid-19.

O requerimento foi aprovado por unanimidade em plenário e será enviado para a Secretaria de Saúde Indígena do Índio (Sesai), aos distritos sanitários indígenas especiais Leste e Yanomami, e à Sesau (Secretaria Estadual de Saúde).

Segundo a deputada, estas informações serão úteis para um relatório que será desenvolvido nos próximos meses. “Tendo em vista que em breve iremos analisar o Plano Plurianual, esses elementos fazem parte de um pequeno diagnóstico de como está a situação dos indígenas hoje”.

O requerimento menciona dados da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), que aponta que até janeiro deste ano, 940 indígenas haviam morrido em decorrência da covid-19, em pelo menos dez estados brasileiros. As estatísticas incluem indígenas urbanos e aldeados. Outro dado é que mais de 47 mil indígenas já foram contaminados em mais de 60 etnias atingidas aqui no Brasil.

“De acordo com o Conselho Indígena Missionário, a pandemia pode ter consequências graves para essa população. A Secretaria Especial Indígena (Sesai) reconhece que as comunidades são mais vulneráveis às viroses, especialmente as doenças respiratórias como a covid-19”, disse a parlamentar no requerimento.

Segundo o boletim epidemiológico da Sesau divulgado nesta segunda-feira (9), 128 indígenas já morreram por decorrência de covid-19. Roraima registrou mais de 83 mil casos da doença desde o início da pandemia.

Texto: Bruna Gomes

Supcom ALE – RR