Pular para o conteúdo

Escolegis oferta cinco mil vagas em cursos nas áreas de saúde e administração

A Escolegis (Escola do Legislativo) inicia o mês de julho trazendo inúmeras novidades para quem quer incrementar o currículo. No total, serão cinco mil vagas para a área da saúde e administração. As inscrições para os cursos remotos, gratuitos e com direito à certificação podem ser feitas nos dias 06 e 07 julho.

As cinco mil vagas estão distribuídas nas modalidades de Ergonomia: Saúde e Segurança do trabalho; Primeiros Socorros – Módulo I; Primeiros Socorros – Módulo II; Segurança e Saúde em Serviços de Saúde – NR32; Segurança na Internet no ambiente de trabalho; Técnicas para currículo, entrevista e apresentação pessoal; Técnicas de Recrutamento e Seleção e Técnicas de negociação.

Os interessados poderão se inscrever pelo site da Assembleia Legislativa (al.rr.leg.br), clicando no banner disponível na página principal do Poder Legislativo, que de imediato redireciona o usuário para a plataforma dos cursos. Além disso, no ato da matrícula é possível escolher até três modalidades.

As aulas serão ministradas no período de 12 a 26 de julho. O aluno terá acesso ao material didático (apostilas virtuais e vídeos) e a um fórum de interação com os professores, para resolução de dúvidas, por meio da plataforma digital da Escola no site da Assembleia Legislativa (escola.al.rr.leg.br/), ou pelo aplicativo da Escola do Legislativo RR, disponível para download no Google Play, no App Store e para Smart TV.

Com uma grade voltada para as áreas da saúde e a administração, os cursos privilegiam tanto o profissional da saúde que busca aperfeiçoamento, quanto quem quer ter noções básicas para aplicar no cotidiano os primeiros socorros.

Um dos destaques da programação é a capacitação Segurança e Saúde em Serviços de Saúde – NR32 – norma que regulamenta as medidas de proteção à segurança e à saúde dos trabalhadores do setor, tais como os cuidados com a higiene e o manuseio correto de produtos – , como salienta a diretora da Escolegis, Fabíola Chaves.

“Dessa vez, nós temos oito cursos que estão diretamente ligados às questões da saúde e a área administrativa. Na área da saúde tem Segurança e Saúde em Serviços de Saúde, a famosa NR32, que é importantíssima para esse profissional”, explicou Fabíola.

O professor Rogerlan Rodrigues, responsável tanto pelas aulas da NR32 quanto pelo curso de Ergonomia: Saúde e Segurança do trabalho, explica que as duas modalidades, que mesclam a saúde e o ambiente laboral, têm foco na segurança e na qualidade de vida do profissional, e estão atreladas às exigências dos Recursos Humanos atuais.

“A Ergonomia é uma ciência que está relacionada à melhoria na execução do trabalho com mais segurança e eficiência, com isso se garante a segurança e saúde do trabalhador. Hoje a segurança do trabalho e a ergonomia envolve a empresa e o processo de qualificação profissional, por isso o RH das empresas precisam que esse colaborador esteja adaptado a essa segurança, ou seja, legislação aplicada aquele ambiente”, detalhou.

O auxílio na inserção do mercado de trabalho é a base dos cursos direcionados à área administrativa que envolve: Segurança na Internet no ambiente de trabalho; Técnicas para currículo, entrevista e apresentação pessoal; Técnicas de Recrutamento e Seleção e Técnicas de negociação.

O interessado em conquistar uma vaga pode se inscrever, por exemplo, nas aulas de Técnicas para currículo, entrevista e apresentação pessoal. A professora da disciplina, Lívia Andreza Macião esclarece que as orientações vão desde a confecção de um currículo mais atrativo até o modo de se portar numa entrevista de emprego.

“Este curso tem como público alvo toda e qualquer pessoa interessada em construir seu currículo, como também trabalhar a apresentação pessoal e obter sucesso na etapa de entrevista, porque ensina técnicas e estratégias que irão alavancar as chances de conquistar a vaga de emprego que tanto almeja”, esclareceu.

A docente, que também ministra Técnicas de Recrutamento e Seleção e Técnicas de negociação, disse que a abrangência dessa formação é fundamental, pois dá suporte para aqueles que investem numa formação adicional, sem esquecer os que ainda buscam a primeira colocação.

“Isso é de suma importância, pois possibilita um aumento significativo no número de profissionais qualificados, tanto para os que buscam conquistar o primeiro emprego quanto para os que já estão no mercado de trabalho, mas que querem se qualificar ou aumentar suas capacidades dentro da área de atuação”, acrescentou.

Texto: Suellen Gurgel

Foto: Tiago Orihuela

SupCom ALE-RR

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0