Pular para o conteúdo

SERVIÇOS PRESTADOS
Instituto Selecon é agraciado com moção de aplausos pela Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa de Roraima manifestou reconhecimento aos trabalhos do Instituto Nacional de Seleções e Concursos (Selecon) na tarde desta quinta-feira (30), em solenidade de entrega da moção de aplauso pela valorização e serviços prestados pela empresa ao Estado.

A homenagem é de autoria do deputado Gabriel Picanço (Republicanos) e tem o intuito de reconhecer a execução do processo seletivo simplificado para contratação de servidores temporários para a Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social). O processo foi sem ônus ao Estado e não houve cobrança de taxa aos candidatos. O seletivo ocorreu em 2020 e foram ofertadas 476 vagas para os cargos de auxiliar de cuidador, coordenador, assistente social e psicólogo.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Soldado Sampaio (PCdoB), entregou a comenda ao diretor-presidente da Selecon, Rogério Vianna Rangel. Para ele, esse momento representa a notoriedade da instituição em Roraima.

“A nossa moção é a manifestação de um ‘muito obrigado’ pelos trabalhos prestados. O Selecon é um instituto sério, competente, consolidado no Brasil e que está vindo para Roraima prestar concurso para prefeituras, Estado e órgãos federais”, disse.

Participaram da entrega da moção o autor da proposição, a secretária do Trabalho e Bem-Estar Social, Tania Soares, o diretor institucional da Selecon, Alexander dos Santos Carvalho, e a reitora da Univirr (Universidade Virtual de Roraima), Elísia Martins.

O diretor do instituto, Rogério Vianna Rangel, é jornalista. Ele destacou que o contato constante com pautas sobre concursos públicos motivou a abertura da empresa. Emocionado, agradeceu a Assembleia Legislativa pela homenagem e disse que essa foi a primeira vez que recebeu a moção.

“Receber essa homenagem é uma responsabilidade muito grande e isso prova que o Instituto Selecon está fazendo um trabalho sério, transparente, com segurança e que o Governo do Estado tem olhado com interesse a realização de concursos públicos.”

Rangel ressaltou que, ao retornar à sede do instituto, no Rio de Janeiro, pretende dividir a moção de aplauso com todos os colaboradores, pois sem o apoio e o empenho dos funcionários, a instituição não teria êxito nos trabalhos em todo o Brasil.

A ideia da moção, ressaltou o deputado Gabriel Picanço, é mostrar a importância da empresa para Roraima. “Quando o Estado estava na situação financeira mais difícil, eles se propuseram a fazer um trabalho ‘0800’, sem custo nenhum e mais de 200 colaboradores foram agraciados, graças ao trabalho que eles fizeram”, disse.

Para a titular da Setrabes, Tânia Soares, o seletivo realizado pela Selecon foi positivo. “Foram mais de 13 mil inscritos e um processo muito minucioso pensando sempre em selecionar os melhores profissionais para desenvolver as atividades nas unidades da secretaria que são unidades específicas, cuidam de pessoas vulneráveis, públicos como idosos, crianças, mulheres vítimas de violência, adolescentes”.

Histórico

O Instituto Selecon foi criado com a proposta de inovar na área de desenvolvimento institucional, por meio da prestação de serviços diferenciados em concursos públicos, processos seletivos em geral, pesquisas e capacitação.

Entre os certames aplicados em Roraima, estão: concurso público para Guarda Municipal de Boa Vista; processo seletivo simplificado para a Secretaria de Estado do Trabalho e Bem-Estar Social; seleção pública para o Conselho Regional de Administração; e mais dois concursos públicos para secretarias municipais de Boa Vista.

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Marley Lima / Nonato Sousa

SupCom ALERR

Compartilhar
banner assembleia 120x600 ou 160x600

Arquivos

banner assembleia 120x240
banner assembleia 125x125

0