Pular para o conteúdo

NOVEMBRO AZUL
Assembleia Legislativa promove live para desmistificar tabu em torno do exame de próstata

A Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) promove em 19 de novembro uma live sobre a saúde do homem com o psicólogo Wagner Costa e o urologista Mário Maciel. Trata-se de uma das atividades do Poder Legislativo em referência ao Novembro Azul, campanha para conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce na cura do câncer de próstata. O evento será transmitido pela TV Assembleia (canal 57.3) e redes sociais (@assembleiarr), a partir das 19h.

“O Novembro Azul é dedicado à prevenção ao câncer de próstata e também das doenças que afetam na sua maioria, aos homens, como alcoolismo e tabagismo. Por isso, as atividades preventivas são fundamentais para evitar o desenvolvimento e o agravamento de outras enfermidades”, afirmou o presidente da Casa, deputado Soldado Sampaio (PCdoB), autor da Lei nº 1.036, de 30 de março de 2016, que institui a Política Estadual de Atenção Integral à Saúde do Homem.

Conforme dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), Roraima teve um aumento de 60% nos casos de homens diagnosticados com câncer de próstata em 2020. Este ano, houve 30 novos registros. O psicólogo Wagner Costa afirma que o desconhecimento leva o homem a se recusar a fazer o exame.

“Masculinidade não é aprendida. Pesquisas científicas já afirmam que isso se define pelos hormônios. Então, o homem não precisa sexualizar o exame de próstata nem reforçar o preconceito”, ressalta, acrescentando que o procedimento é simples e salva vidas, tendo como objetivo principal a prevenção.

O urologista Mário Maciel explica quem deve fazer o exame de próstata. “A partir dos 45 anos, os homens que têm histórico na família de câncer ou que sejam afrodescendentes, devem procurar um urologista. Em geral, se recomenda que o homem o faça anualmente a partir dos 50 anos”.

Conscientização

Desde o início do mês, a Assembleia Legislativa de Roraima está iluminada de azul, em referência à campanha de prevenção do câncer de próstata. Além do ato simbólico, o Poder Legislativo fomenta os cuidados com a saúde masculina ao aprovar leis que promovam a conscientização da sociedade.

Uma dessas iniciativas é a Lei 1.036, de 30 de março de 2016, de autoria do deputado Soldado Sampaio (PCdoB), que institui a Política Estadual de Atenção Integral à Saúde do Homem. Outro exemplo é a Lei 1.195/2017, de autoria dos parlamentares Jalser Renier (SD) e Dhiego Coelho (PTC), que trata da concessão de uma folga anual para a realização de exames que previnam os cânceres de pele, mama, do colo do útero, da próstata e do pulmão.

Texto: Amanda Teixeira

Foto: Tiago Orihuela

SupCom ALE-RR

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0