Pular para o conteúdo

AINDA HÁ VAGAS
Centro da Juventude da Assembleia retoma atividades esportivas e culturais nesta segunda-feira (17)

As aulas do Centro de Convivência da Juventude (CCJuv), da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), iniciaram nesta segunda-feira (17), na sede do programa e nos polos Pedra Pintada e Pintolândia. São mais de quatro mil vagas divididas entre as unidades para diversas modalidades: aeroboi, balé, breakdance, ginástica rítmica, capoeira, futebol, judô, jiu-jitsu, k-pop, caratê, violão, teclado, teatro, coral, taekwondo, treinamento funcional, zumba e dança e ritmos.

 

A instrutora de dança Miss Bral Cavalcante acompanhou o primeiro dia de aula de balé da filha, Sherlydan Cavalcante, de 13 anos, que pediu à mãe para retornar à dança após um longo período afastada.

 

“Ela fez [balé] dos 2 aos 5 anos e parou. Quando foi agora, com essa oportunidade, resolvi matriculá-la. Acho gratificante para gente que é mãe, porque eu a trouxe, fui à academia fazer meus exercícios, e logo em seguida vim buscá-la. É um incentivo tanto para as crianças quanto para a gente. É uma atividade a mais para os filhos e que dá para conciliar os horários”, informou.

 

 

A bailarina contou sobre a expectativa de voltar às aulas. “Estava com muita saudade e também muito ansiosa, porque desde muito pequena eu fazia e parei. Estou voltando agora. Também vou começar ginástica rítmica. Nós duas escolhemos”, contou.

 

 

 

Esse é o primeiro ano no CCJuv do estudante Rhafael Negreiros, de 10 anos, que optou pelo caratê.

 

“Comecei a gostar quando passei a assistir a séries [de luta]. Quero aprender a lutar e quero isso para o meu futuro. Também vou fazer vários amigos e outros esportes”, disse.

 

 

 

 

Segundo a mãe do carateca, a bióloga Ana Paula Negreiros, o desejo do filho pela modalidade veio desde cedo.

“Se eu pudesse, teria colocado ele antes. Eu acho muito importante para a saúde física, sem contar os benefícios, que acabam ajudando na escola e na vida, como comportamento, disciplina, interação social e outras coisas”, avaliou.

 

 

 

De acordo com a coordenadora pedagógica Roseli Fernandes, a inserção de crianças nas práticas esportivas ou culturais as ajudam em aspectos variados.

“Primeiramente, tem a questão da socialização, que é o momento em que os alunos podem interagir com pessoas da mesma idade. Também tem a aprendizagem e amizade. Eu diria que uma das coisas mais importantes, hoje, é esse contato diário com pessoas que são diferentes do seu convívio familiar e poder compartilhar momentos de afeto e amizade, além do desenvolvimento e amadurecimento psicológico”, frisou.

 

 

Vagas e inscrições

 

Os pais ou responsáveis que não conseguirem matricular as crianças e adolescentes no período estipulado, podem se dirigir até a Superintendência de Programas Especiais e fazer o cadastro de reserva, em decorrência do período de adaptação dos alunos às atividades nas quais foram inscritos.

 

 

A criança ou adolescente que já realizou o pré-cadastro deve concluir a inscrição a partir desta segunda-feira. Ainda há vagas disponíveis para algumas modalidades. Os interessados devem apresentar os documentos originais de identidade e CPF, tanto do responsável quanto da criança ou adolescente, e comprovante de residência.

 

Para inscrição nas atividades na sede do CCJuv, Polo Liberdade ou Asa Branca, entregar a documentação na Superintendência de Programas Especiais, na Avenida Ataíde Teive, nº 3.510, bairro Buritis.

 

Para inscrição nas modalidades do Polo Pintolândia, o interessado deve procurar a Escolegis localizada na Avenida Sólon Rodrigues Pessoa, nº 1313, bairro Santa Luzia. Já para o Polo Pedra Pintada, o endereço é Avenida Diamante, nº 1227, bairro Pedra Pintada. As inscrições nos polos dos demais municípios começam a partir desta segunda-feira.

 

Texto: Suzanne Oliveira

Fotos: Alfredo Maia

SupCom ALE-RR

Compartilhar

Arquivos

banner assembleia 125x125

Notícias Relacionadas