Pular para o conteúdo

VESTIBULAR E ENEM
Professores da Escolegis dão dicas para candidatos atingirem boas notas em provas

Todos os anos, milhares de estudantes se preparam para as provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e do vestibular. Porém, para os jovens que vão prestar as avaliações pela primeira vez, a ansiedade e a preocupação aumentam ainda mais, afinal, uma boa nota garantirá o ingresso do aluno em uma instituição de ensino superior e, posteriormente, a conseguir uma vaga no mercado de trabalho.

Ruan Jordão, de 19 anos, é um deles. Natural do Amazonas, ele mora em Boa Vista há um ano, e se prepara para tentar uma vaga na faculdade de medicina veterinária, da Universidade Federal de Roraima (UFRR). “Onde eu morava, não tinha o curso que eu queria. Então, descobri no edital que foi lançado na página deles no Instagram”, detalhou.

O jovem também foi um dos alunos do preparatório da Escolegis. Jordão reforçou que conseguiu absorver todo o conteúdo.

As aulas foram muito boas e bem dinâmicas. Há coisas que a gente estuda em casa e tem dificuldade de aprender, mas com o cursinho foi uma ótima oportunidade para quem quer ingressar em uma faculdade. Me ajudou muito, além de ter sido gratuito, pois a maioria das pessoas não tem condições de fazer em um local particular”, disse.

Com os certames se aproximando, os professores dos preparatórios para o Enem e vestibular 2023 da Escolegis (Escola do Legislativo) separaram ótimas dicas, tanto para quem é marinheiro de primeira viagem quanto para quem é veterano. Confira abaixo:

Professora Lêssa Viana – Português e Redação

Leia atentamente todas as questões e sublinhe o que ela está pedindo. Se for de gramática, olhe para o verbo e analise o que cada palavra complementa. Na sintaxe, temos função sintática e os termos que se relacionam entre si, isto é, complementos, adjuntos, objetos. Na morfologia, temos as classificações das palavras, pronomes, adjetivos, substantivo, entre outras classes, são dez. Importante que observem se a questão pede função sintática ou morfológica. Ainda tem a semântica, que vai trabalhar o sentido denotativo [literal] ou conotativo [igurado], e figuras de linguagem. Na redação, interessante seria se puder associar o tema a uma contextualização histórica, a uma música, um livro ou série, bem referenciado e compatível com o tema, também vale como uma boa associação. Elaborar uma proposta de intervenção já com o interventor definido, por exemplo, na área da educação, o MEC, assim, ficará mais fácil para trazer uma proposta de intervenção para a redação”.

Professora Fairuz Daoud – Biologia:

Uma dica que posso dar como professora de biologia aos estudantes de primeira viagem é ler com atenção as questões, pois, muitas vezes, os termos e o contexto ajudam a interpretar a resposta e, especificamente em biologia, os termos têm significados que já dizem tudo sobre o conceito, o que ajuda muito. Além disso, ter muita tranquilidade, chegar cedo, levar água e lanche, assim como ter uma boa-noite de sono na véspera”.

Professor Walace Peixoto – Física

Como a prova já está próxima, revisões são importantes. Além disso, separar o conteúdo em pequenas porções facilita o processo de absorção da informação, como mapas mentais, diagramas e cartões de memorização. Se desligar um pouco das redes sociais nessa reta final ajuda bastante, e praticar com provas anteriores. Por último e não menos importante, cuidar da saúde. Essa dica soa bastante simples, mas é muito importante. Apesar de ser importante estudar, sobrecarregar-se pode ser mais prejudicial do que benéfico. Nos dias que antecedem a prova, alimente-se e durma bem, isso vai ajudar a manter o seu cérebro em forma!

Todas as informações cobradas estão relacionadas a situações vivenciadas no dia a dia, que servem de base para que o aluno mostre que captou a teoria e os conceitos fundamentais da matéria. Então, a leitura e interpretação são fundamentais! As questões do Enem também tendem a ter uma abordagem mais completa. Muitas vezes, tratando de mais de um assunto (de variadas áreas) em uma única pergunta, e isso demanda que o aluno tenha uma grande habilidade de interpretar textos, bem como deve estar atualizadíssimo sobre os temas do cotidiano. Acompanhar noticiários, ler jornais e exercitar sua mente para fazer ligações entre o que acontece no mundo e o universo da física, além, claro, de praticar muito com questões de anos anteriores”.

Professor Armando Pinheiro de Araújo Júnior – História e Geografia

Eu recomendo, realmente, que o aluno interprete os textos e o que se pede. Comumente, os enunciados de Humanas começam ‘conforme o texto’… ou algo assim. Palavras ‘perigosas’: nunca; sempre; jamais; totalmente e outros tantos termos abrangentes demais devem ser vistos com cuidado à aplicação nas opções ou alternativas. Outra dica: extrair toda informação que o texto da questão oferecer, até as referências bibliográficas podem ajudar na resolução. Mas como fazer? Mantendo a calma e foco na leitura. O verdadeiro desafio para os jovens é a inteligência emocional. Mantenham o foco”.

Professora Aloísia Vital – Matemática

Sabemos que a matemática é uma das disciplinas mais difíceis para a maioria dos alunos, porém, sempre digo que se, não exercitarem, não vão aprender. Não tem uma mágica, mas sim fazer muitos exercícios. A palavra-chave para se aprender ou se sair bem na Matemática é exercitar.

Professor Douglas do Vale – Química

O Enem contextualiza bastante. Ele visa muito à aplicação prática de cada disciplina. Em química é importante conhecer os produtos da destilação fracionada do petróleo, quais os processos químicos e físicos de uma estação de tratamento de água. Cada questão traz texto em que há palavras-chaves que vão ajudar na resolução. Uma leitura feita duas ou três vezes vai revelar detalhes importantes e auxiliar os candidatos na hora da prova. Os conteúdos mais comuns na área da química são a identificação das funções orgânicas, assim como nomenclatura de compostos orgânicos, equilíbrio químico, concentração, oxirredução, tabela periódica e estequiometria”.

Curso preparatório

Este ano, a Escolegis ofertou 180 vagas para os cursos preparatórios, com conteúdo que é requerido nas provas, como, português, redação, matemática, história, química, física, biologia e geografia.

As aulas se iniciaram em 7 de agosto e foram até esta segunda-feira (23), totalizando carga horária de 200 horas. Todas as vagas foram preenchidas

Lembrando que as provas do Enem 2023 serão aplicadas em 5 de novembro (português e língua estrangeira, ciências humanas e redação), e no dia 12 do mesmo mês (ciências da natureza e matemática).

Já as avaliações para o vestibular da Universidade Estadual de Roraima (UERR) ocorrem neste domingo (29), das 9h às 14h. São 510 vagas distribuídas entre 17 cursos de graduação.

As provas para o vestibular 2024 da UFRR serão aplicadas em Boa Vista, em 26 de novembro de 2023, das 8h às 13h, para prova integral (PI) e Processo Seletivo Seriado (PSS – 3ª etapa); e das 8h às 11h para Processo Seletivo Seriado (PSS – 1ª e 2ª etapas).

Texto: Suzanne Oliveira

Fotos: Eduardo Andrade

SupCom ALE-RR

Compartilhar

Arquivos

banner assembleia 125x125

Notícias Relacionadas