Pular para o conteúdo

Procon Assembleia e Banco do Brasil se reúnem para tratar sobre transtornos causados a clientes

Segundo Hayza de Melo, da coordenadoria jurídica do Procon Assembleia, muitas pessoas fizeram saques e os caixas ficaram desabastecidos.

Para tratar sobre as denúncias da má prestação de serviços de autoatendimento nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil, no último fim de semana, o Procon Assembleia e a Superintendência da instituição financeira em Roraima estiveram reunidos, nessa quinta-feira, 7. O encontro foi consequência das inúmeras reclamações de clientes do banco, que procuraram o órgão de defesa do consumidor do Poder Legislativo, para pedir providências.

Hayza de Melo, da coordenadoria jurídica do Procon Assembleia, que participou da reunião, informou que a Superintendência do Banco do Brasil explicou que o problema da falta de dinheiro que ocorreu no fim de semana nos caixas, foi em razão do pagamento do salário dos servidores municipais, estaduais e do crédito social, na mesma data. O governo do Estado, pelo calendário de pagamento, depositaria o salário nas contas dos servidores no dia 3 de abril, mas antecipou para o sábado, dia 1º.

“Então, muitas pessoas fizeram saques e os caixas ficaram desabastecidos. A Superintendência do Banco do Brasil disse que os caixas de autoatendimento são abastecidos de segunda a sexta-feira, mas, se no final de semana ocorrer algum problema, como faltar dinheiro, faltar o comprovante de pagamento impresso ou aconteça um problema técnico que deixe inoperante o caixa, esses serviços só serão solucionados no primeiro dia útil da semana seguinte, pois não tem como fazer essa manutenção no fim de semana”, disse Hayza.

Ela comentou ainda que essa situação do fim de semana passado também é consequência do fechamento de algumas agências do Banco do Brasil, o que acarretou no acúmulo de clientes nas poucas unidades que estão funcionando.

“Em resposta ao Procon Assembleia, a Superintendência da instituição financeira garantiu que vai entrar em contato com o Governo do Estado, para solicitar que efetue o pagamento dos servidores estaduais conforme o calendário já divulgado ou, se porventura resolver antecipar para um fim de semana, que comunique com antecedência a gerência do banco. Vai pedir ainda que esse pagamento não seja feito na mesma data do crédito social”, finalizou Hayza.

Por Edilson Rodrigues

SupCom/ALE-RR

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0