Duzentos e trinta alunos participam do Jiu-Jitsu, outro esporte que tem ganhado destaque dentro do programa Abrindo Caminhos.

Aos 10 anos, a aluna de ginástica rítmica do programa Abrindo Caminhos no município de Alto Alegre, Luany da Cruz, tem vários sonhos, inclusive em ser ginasta profissional. Ela viu essa possibilidade ficar cada vez mais próxima ao integrar o programa há quase um mês.

A menina ressaltou a importância do esporte em sua vida, principalmente pelo fato de estar há pouco tempo no programa, e em participar de uma apresentação, como aconteceu na abertura oficial dos jogos escolares do município na primeira semana de julho. “Foi muito bom”, disse ela.

Luany soube do programa por meio de um carro de som e pediu para que a mãe a inscrevesse na ginástica. Pronto, desde então ela está entre as alunas que mais se desenvolveram ao longo das aulas e fez questão de destacar os passos que gosta de fazer, como a ponte, abertura e o salto pirulito.

Nessa modalidade, são 180 meninas que participam das aulas, com uma média de 25 garotas por turma. A professora Ludmilla França Moura procura ensinar a elas os principais passos dentro da ginástica rítmica. “Como somos escolinha, então a gente tem feito um trabalho básico para elas irem se aprimorando na ginástica e elas estão adorando”, explicou. Entre os movimentos estão mão, meia-ponta, ponta de pé, ponte, abertura, saltos, equilíbrio, rotações, borboletinha, postura e disciplina.

Ludmilla está empolgada com os resultados e espera levar todas as meninas para competições, representar o Poder Legislativo e estimular outras a praticarem o esporte.  “Para que elas possam ganhar em primeiro lugar ou pelo menos cheguem lá e façam uma boa apresentação que ficaremos muito feliz”, contou.

O Abrindo Caminhos funciona na sede do Núcleo Avançado da Assembleia, localizado na avenida João XXIII, no Centro de Alto Alegre e atende 842 crianças e adolescentes de 5 a 17 anos, com as modalidades de Zumba, Coral, Música, Futebol, Ginástica Rítmica e Jiu-Jitsu, nos períodos da manhã, tarde e noite.

Duzentos e trinta alunos participam do Jiu-Jitsu, outro esporte que tem ganhado destaque dentro do programa Abrindo Caminhos, em Boa Vista e Alto Alegre. No Núcleo Avançado, Leandro Pacheco é o responsável em repassar as técnicas da arte marcial a mais de 200 atletas.

Segundo ele, desde o início as crianças e adolescentes evoluíram acima do esperado. “Tem criança que nunca teve contato com o esporte. Hoje elas estão gostando, os pais delas estão gostando e temos um campeão Mundial que é o Max Moisés e ele é do projeto Abrindo Caminhos”, destacou Leandro.

Leandro disse ainda que o programa tem trazido benefícios para toda a comunidade. “Agradecemos ao deputado Jalser Renier por oportunizar o município de Alto Alegre com o Abrindo Caminhos a todos nós”. Nas aulas, todos aprendem além das técnicas, disciplina e comportamento.

A avaliação, conforme a coordenadora Marcele Neves, tem sido satisfatória, pois os moradores são participativos e os alunos, dedicados. “As atividades são bem positivas. A ginástica, por exemplo, acontece há pouco tempo e as nossas alunas já participaram da abertura dos jogos escolares. Foi incrível”, disse. Os meninos do futebol, salientou, carregam o nome do programa em amistosos.

Por Yasmin Guedes

SupCom/ALE-RR