A Assembleia Legislativa do Estado de Roraima (ALERR), por meio da Escola do Legislativo, iniciará na próxima semana o projeto Crescendo e Empreendendo, voltado para o público em idade de ensino médio. A primeira turma a ser beneficiada com o projeto já está fechada. Serão dois dias de curso com uma carga horária de 12h. A meta da instituição é até o final deste ano realizar seis edições do projeto, inclusive no interior do Estado.

“Nesta primeira edição do curso, que será em Boa Vista, vamos atender 25 pessoas. O curso trabalhará práticas vivenciais, de comportamento e de como agir e atuar com estratégia de empreendedorismo”, disse a diretora da Escola do Legislativo, Leila Perussolo.

O curso será ministrado nos dias 02 e 03 de outubro. No primeiro dia, na segunda-feira, 02, a aula será das 14h às 18h. Na terça-feira, 03, será das 08h às 12h e das 14h às 18h, na unidade da Escola do Legislativo localizada na rua Solon Rodrigues Pessoa, 1.313, bairro Silvio Botelho.

“Essa é uma parceria com o Sebrae em Roraima, que tem um programa de educação empreendedora. Vamos participar como multiplicadores do projeto Crescendo e Empreendendo. Os nossos servidores da Escola do Legislativo, que foram capacitados pelo Sebrae, é que vão ministrar o curso”, explicou a diretora. A Assembleia Legislativa também contribui com toda a logística como salas de aula e material didático.

Conforme Leila, o projeto tem a finalidade de atender o público em idade escolar de ensino médio, associações, organizações não-governamentais e comunidade em geral. A instituição pretende, até o final deste ano, atender o público das unidades do Poder Legislativo nos municípios de Bonfim e Alto Alegre. “Teremos uma turma também no município de Amajari para atender a associação dos moradores”, complementou, ao comentar que o projeto também atende os servidores do Legislativo e do programa Abrindo Caminhos.

Essas parcerias, disse a diretora, contribuem para alcançar ainda mais a população e oportunizá-la com cursos tão necessários à vida profissional. “Mais uma vez a Assembleia Legislativa por meio da Escola do Legislativo tem buscado ampliar seu trabalho e suas estratégias de atuação para oportunizar os jovens e as pessoas da comunidade que queiram cada vez mais novas perspectivas. E se tratando de empreendedorismo, o conteúdo é importante e fundamental porque auxilia no desenvolvimento pessoal, profissional, nas relações interpessoais e na interação familiar, além de melhorar as perspectivas de empreender para negócios e carreiras do futuro”, ressaltou.

 

Marilena Freitas