Da Comunidade Indígena Lilás, no município de Uiramutã, ao Norte 320 quilômetros de Boa Vista, Rosilda da Silva veio até a Capital para receber a comenda Orgulho de Roraima, na manhã desta quinta-feira (26), na Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR). Ela foi um dos 139 professores homenageados em sessão solene no plenário Noemia Bastos Amazonas.

Dedicada há 18 anos na alfabetização das crianças daquela região, viu nessa homenagem o reconhecimento da profissão que forma tantos cidadãos mundo a fora. “Estou muito grata de estar aqui sendo homenageada, em nome dos meus professores do município de Uiramutã. Para mim é muito importante, assim como para eles também”, disse ela, emocionada com o momento.

Para ser professor no interior, disse ela, é enfrentar inúmeras dificuldades todos os dias, desde aquisição de material até o atendimento adequado para os alunos, mas mesmo assim sente muita gratidão em lecionar para as crianças. “Pra mim é gratificante trabalhar com as crianças na alfabetização, preparando elas para a vida. Estou muito feliz”, ressaltou, comentando que é preciso amor e carinho em tudo que faz.

Da mesma paixão segue a professora aposentada Lindalva Melo da Silva, que há 28 se dedicou a Educação no Estado. Nem mesmo a aposentadoria por tempo de serviço a afastou das salas de aula. Durante esse tempo, ela ministrou cursos em empresas, instituições públicas e privadas. “Agora me sinto muito realizada, pois gosto da área de educação e hoje estou feliz em ser lembrada como professora. Muitas vezes, nós professores somos esquecidos, deixados de lado. Esse é um momento de reflexão”, enfatizou.

O amor pela área está na veia de Lindalva. Disse que desde pequena o sonho era se tornar professora e até nas brincadeiras com outras crianças gostava de ensinar, com a visão para Educação.

A sessão solene aconteceu às 9h, com a presença quase integral de todos os convidados. A cada nome chamado, comenda entregue, a emoção tomava conta de todos. Muitos riram, outros choraram de felicidade.

O presidente da Assembleia, deputado Jalser Renier (SD), um dos autores do projeto de decreto legislativo que deu origem a essa comenda Orgulho de Roraima, reconheceu o trabalho árduo destes profissionais em formar pessoas para a vida. “Pra nós é uma alegria, uma satisfação para o Poder Legislativo, é um mérito entregar comendas a eles que fazem a história da Educação de Roraima”, apontou o parlamentar.

Essa homenagem, segundo Jalser Renier, é uma maneira de valorizar a dedicação, o trabalho e a estrutura de desenvolvimento elaborada por cada um deles. “Se não fosse esse trabalho, não haveria uma educação boa nem no Estado, nem no País e muito menos no mundo”, complementou o presidente.

Para a deputada Lenir Rodrigues (PPS), essa foi uma representação de todos os profissionais atuantes em Roraima, seja em Boa Vista, no interior ou dentro das comunidades indígenas. “Tivemos pessoas de vários municípios, de várias localidades, o mínimo que podemos fazer é dar os nossos agradecimentos. Os deputados estão de parabéns, por reconhecer o valor desses profissionais da educação”, frisou.

 

Deputados parabenizam professores durante homenagem

Fotos: SupCom ALERR

Durante as homenagens aos professores na Assembleia Legislativa de Roraima vários deputados subiram a tribuna para expressar palavras de gratidão e ressaltar a importância da profissão para as pessoas.

A deputada Aurelina Medeiros (PTN), por exemplo, lembrou que em casa os filhos aprendem os modos da boa convivência, a cuidar de si, mas é na escola que eles aprenderão sobre matemática, português, história. Porém, os papéis têm se invertido com o passar do tempo e agora os professores tem recebido missões comparadas a de uma mãe. “Onde escutares alguma coisa, é o professor o responsável pela boa formação moral dos nossos filhos”, disse.

Flamarion Portela (PDT) usou a tribuna para lembrar que o professor ‘é o pai e a mãe’ de todas as profissões, pois se consolidam pelas mãos deste profissional. Disse ainda que em países mais desenvolvidos, como o Japão, a figura do professor é uma das mais respeitosas.

Para o líder da base governista da Assembleia Legislativa, deputado Brito Bezerra (PP), o Poder Legislativo estendeu estas homenagens a todos os professores do Estado. Recordou que na infância, uma das frases dita pelo pai é que a educação é o único presente que um pai pode deixar ao filho. “Educação é tudo, forma, informa, insere e essa homenagem é muito mais que justa”, pronunciou.

O deputado Joaquim Ruiz (PTN), em discurso, recordou que a Assembleia Legislativa aprovou projetos importantes para os professores e que hoje são leis, como a nº 892/13, relacionado ao enquadramento destes profissionais, concurso para professor indígena e horas aulas; alteração na Lei nº 053/01, com extensão de benefícios a categoria; e, por fim, com o recente projeto de lei, de própria autoria, que estabelece porcentagem de cota no vestibular da UERR (Universidade Estadual de Roraima).

Por fim, a deputada Angela Aguida Portella (PSC) parabenizou todos os profissionais pelas conquistas. Falou da trajetória profissional, por ser professora de carreira, e entender que quem escolhe este caminho é forte e pode transformar o mundo.

Yasmin Guedes