Fotos: SupComALERR

A falta de transporte escolar e a descontinuidade na oferta da merenda para atender os alunos da Escola Estadual Indígena Santa Terezinha, na comunidade do Morro, no município de Uiramutã, a 319 quilômetros de Boa Vista, motivou o deputado Masamy Eda (MDB) a fazer uma indicação ao Governo do Estado, pedindo que a situação seja regularizada.

“Faço essa indicação em nome da professora Lurdes, vereadora do município de Uiramutã, que nos procurou para relatar as dificuldades com relação a falta de transporte e de merenda, porque faço parte da Comissão de Educação, Cultura, Desporto e Saúde da Assembleia, que tem o dever de dar uma resposta. Ela veio pedir nosso apoio por conta do início do inverno, período em que aumentam as dificuldades. Então peço que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, possa atender essa demanda”, pediu Masamy Eda.

Na justificativa apresentada, o parlamentar ressalta que há reiteradas reclamações por parte dos moradores da comunidade, no que diz respeito à paralisação da prestação desses serviços, prejudicando os alunos dessa escola e os demais moradores da região. “Desde o início do ano letivo o serviço de transporte não foi retomado e os alunos precisam caminhar diariamente por mais de uma hora para chegar à escola”, disse o parlamentar.

Masamy Eda também chama a atenção para o que motivou a falta de periodicidade na entrega da merenda escolar. “A merenda não tem sido oferecida periodicamente, além disso, a quantidade de alimentos que é servida aos alunos vem diminuindo, não sendo suficiente para suprir as necessidades daqueles que gastam toda sua energia durante as longas caminhadas”, ressaltou.

O parlamentar salienta ainda que tanto a merenda quanto o transporte escolar são instrumentos necessários e indispensáveis ao exercício do direito à educação, que assegurada na Constituição Federal.

Marilena Freitas

SupCom ALERR