Fotos: SupCom ALERR

O CHAME (Centro Humanitário de Apoio a Mulher), da Procuradoria Especial da Assembleia Legislativa de Roraima, é parceiro de ações desenvolvidas pela ATERR (Associação de Travestis, Transexuais e Transgêneros do Estado de Roraima). As iniciativas são o projeto ‘Fale sem medo, impunidade fortalece a violência’ e a campanha ‘Não importa a língua, cor e raça, quem ama cuida’, que serão lançados nesta quarta-feira, 23, das 13h30 às 17h30, no posto de saúde Pastor Luciano Galdino, rua Brescia s/n, bairro Centenário.

A procuradora Especial da Mulher, deputada Lenir Rodrigues (PPS), explica que é uma honra participar dessas atividades. “Somos parceiros delas e é com muito orgulho que apoiamos esta causa, pois a Lei Maria da Penha também alcança as travestis e transexuais. É importante que essas mulheres possam conhecer seus direitos e com isso ficarem alertas sobre os perigos que envolvem a violência praticada contra elas”, refletiu.

A vice-presidente da Associação da ATERR, Sabrina Nascimento, fala sobre como será desenvolvido o projeto e quanto tempo de duração ele terá. “O projeto ‘Fale sem medo’, é financiado pelo Fundo Elas [um instituto independente que se dedica com exclusividade ao protagonismo e ao avanço dos direitos das mulheres]. Ele terá duração de quatro meses e vai atuar principalmente para proteger as mulheres que sofrem com violência doméstica e outras violências”, afirmou.

Para que o projeto seja implementado, Sabrina reforça que a parceria será fortalecida por meio de manifestações educativas. “A ideia é realizar campanhas para informar as mulheres, sejam elas travestis, transexuais ou lésbicas, sobre como a violência pode se manifestar e como podem se defender e se proteger. Vamos realizar panfletagens, oficinas e palestras junto com o Chame, Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), e demais órgãos de proteção, para que possamos alerta-las sobre a violência”, detalhou.

Tarsira Rodrigues

SupCom ALERR