Trabalho aliou a prática dos conhecimentos de informática à História e Geografia de Roraima

Aprender brincando é mais divertido, e com essa ideia em mente, o professor de informática Eubert Botelho decidiu fazer a avaliação dos alunos de forma diferente. O curso ofertado pelo Abrindo Caminhos, programa da Assembleia Legislativa, encerrou nesta terça-feira (2), e cada um dos estudantes desenvolveu um jogo de perguntas e respostas sobre a Geografia e História de Roraima.

O trabalho foi inspirado no Show do Milhão, programa de televisão apresentado por Silvio Santos, que concedia R$ 1 milhão a quem acertasse todas as respostas. O professor explicou que a iniciativa partiu de uma conversa dentro da sala de aula. “Estávamos conversando sobre Roraima e percebi que eles conheciam mais do Brasil do que o local onde eles vivem. Então decidi juntar isso com informática, apresentei a ideia e eles gostaram.”

Para criar as perguntas que fariam parte dos jogos, os alunos precisaram pesquisar sobre o assunto, o que possibilitou que eles conhecessem mais sobre as disciplinas. A forma de avaliação inovadora surpreendeu os alunos. “Foi muito bom. Eu não aprendi só sobre o jogo, mas também um pouco sobre Roraima. Geralmente a gente trabalha [em informática] com outras coisas, nunca passou pela minha cabeça que iriámos trabalhar com jogos”, disse o estudante Bruno Cavalcante.

Segundo Eubert Botelho, eles utilizaram os assuntos vistos ao longo do curso para desenvolveram o quiz. No Word (programa para digitação de documentos) eles fizeram a documentação do jogo e o manual, a programação em si foi feita no Power Point (programa que cria apresentações).

Para a diretora do programa Abrindo Caminhos, Viviane Lima, o empenho do professor em diversificar a forma de ensino é um ganho para os alunos. “Isso faz com que a aula se torne mais interessante e envolve os alunos. É muito produtivo e torna maior a interação deles com o conhecimento.”

Texto: Bárbara Araújo

Foto: Eduardo Andrade

SupCom ALE-RR