Profissionais da Saúde, entre enfermeiros, auxiliares e técnicos, paralisaram as atividades nesta quarta-feira (23) nas principais unidades de saúde do Estado, por 24 horas. Em discurso na Assembleia Legislativa de Roraima, a deputada Ione Pedroso (SD) anunciou apoio a estas categorias, que reivindicam melhorias nos ambientes de trabalho e mudança no PCCR (Plano de Cargo, Carreira e Remuneração).

“Essa paralisação é um grito de socorro dos enfermeiros. Não é de hoje que o presidente do sindicato, Melquesedeque [Menezes], denuncia a falta de itens básicos para que os profissionais possam fazer um atendimento mínimo e digno”, pontuou a parlamentar.

Segundo Ione Pedroso, a situação do HGR (Hospital Geral de Roraima), por exemplo, é de total abandono, pois não há gestão eficiente para amenizar os problemas encontrados pela população. Os relatos são constantemente apresentados à Comissão de Saúde do Poder Legislativo. “As reivindicações são tratadas com o mesmo descaso como o Governo trata da Saúde”.

Ela finalizou a palavra com apoio aos profissionais, que estão dispostos a buscar melhorias que refletirão no atendimento prestado à sociedade. “Vamos continuar fiscalizando, cobrando e propondo melhorias para o nosso povo”, complementou a parlamentar.

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Jader Souza

SupCom ALE-RR