Em 2019, quase 12 mil pessoas foram atendidas na Escola do Legislativo Cursos Preparatórios com cursos de qualificação, preparatórios para vestibulares, concursos e idiomas. A instituição fechou este ciclo 29 mil alunos atendidos em três anos de funcionamento, sendo 23 mil em Boa Vista, e 6 mil nos núcleos da Assembleia Legislativa nos municípios de Alto Alegre, Caracaraí, Rorainópolis e Mucajaí.

No ano passado, a Escola ofertou gratuitamente 163 cursos para dar oportunidade de crescimento pessoal e profissional aos alunos. Para este ano, a comunidade pode esperar novidades como o curso de robótica, culinária gourmet e aulas específicas de conversação em idiomas.

Com o sentimento de dever cumprido, a diretora da instituição de ensino, Cristina Mello, destaca que o trabalho desenvolvido pela Escola do Legislativo é pensado para atender o público com qualidade, ainda que seja ofertado sem nenhum custo aos estudantes. “A demanda foi atendida com professores de excelência. Vários alunos já estão no mercado de trabalho, aprovados em concursos e vestibulares. Isso é muito importante e positivo para toda a equipe”, pontuou a diretora.

Neste semestre, os selecionados no edital para o intercâmbio na Argentina embarcarão rumo a um novo aprendizado no espanhol. Em 2019, os estudantes de inglês da unidade tiveram a experiência de praticar a língua estudada em Malta, na Europa, tudo financiado pelo Poder Legislativo. Os cinco alunos beneficiados precisaram apenas aproveitar o momento para desenvolver as habilidades de comunicação em outro idioma.

Ao voltar da viagem a estudante de 19 anos, Marinalva Gomes, conta que o aprendizado ultrapassou o idioma. “Mudou a minha forma de ver o mundo. E provou que a gente pode conquistar as coisas que queremos e sonhamos apesar das dificuldades”.

Ainda na área de idiomas, neste ano serão ofertadas aulas exclusivas para conversação em inglês, espanhol e francês. E quem cursou Libras (Linguagem Brasileira de Sinais), nos níveis básico e intermediário, terão a oportunidade de cursar também o nível avançado, com carga horária de 60 horas.  Haverá ainda a continuação de outros módulos ofertados em 2019.

Educação

Nas capacitações, a área de educação foi uma novidade. Educação Especial e Recreação Infantil foram cursos que ajudaram a dar um gás nas ideias de quem trabalha como educador ou tem interesse na área. Para as irmãs Adriana Menezes e Ana Maria Costa, o curso de Educação Especial ajudou no relacionamento com o pequeno Miguel Artur, de 3 anos, que recebeu o diagnóstico de autismo há cerca de um ano.

A mãe, Ana Maria, pontua que com as aulas pôde criar formas de interagir melhor com o filho e incentivar o desenvolvimento por meio de jogos que aprendeu a confeccionar na qualificação. “Eu consegui produzir brinquedos que estimule ele a brincar porque era uma dificuldade que ele tinha”.

Saúde

A saúde foi outra especialidade explorada. Atendente de Farmácia e Primeiros Socorros foram cursos ofertados pela unidade pela primeira vez. Para incentivar a comunidade a praticar o hábito da leitura, a Primeira Feira de Livros foi realizada com apresentações teatrais, e troca de livros.

Na capital e no interior, Feiras Culturais foram realizadas para que por meio da apresentação e experiência dos estudantes, a sociedade pudesse conhecer as atividades disponibilizadas pela Escola do Legislativo. A unidade ganhou ainda uma Revista Digital, produzida pelos alunos do curso de informática. Uma forma de repassar o conhecimento adquirido nas aulas.

Texto: Bárbara Araújo

Foto: Arquivo/SupCom ALE-RR

SupCom ALE-RR