Com papéis em mãos, o deputado Renato Silva (Republicanos) apresentou comprovantes de empréstimos bancários e financiamentos para comprovar, em discurso na tribuna do plenário Noêmia Bastos Amazonas, nesta quarta-feira (19), na Assembleia Legislativa de Roraima, os bens que possui. A prestação de contas, segundo ele, busca contrapor acusações que ele afirma estar recebendo por parte de integrantes do Governo do Estado.

Em 2019, ele disse que fez três empréstimos bancários nos valores de R$ 400 mil, R$ 200 mil e R$ 15 mil, respectivamente, para construção da casa em um terreno adquirido antes da vida política. Depois, ele disse que financiou um carro de R$ 100 mil. De acordo com Renato Silva, ele tem sido alvo de informações caluniosas e recebe ameaças por telefone.

“O que eu tenho de patrimônio é um terreno no Paraviana, uma casa que estou construindo há um ano e meio e é no meu nome, cada saco de cimento é no meu nome, não tem nome de terceiros”, destacou Renato Silva, ao desafiar autoridades a encontrar outros bens em nome dele.

Licitação

Ainda neste discurso, Renato Silva enfatizou o trabalho de fiscalização parlamentar nos contratos e licitações de órgãos públicos do Estado. Ele disse que em dezembro de 2019, um boletim de ocorrência foi registrado contra ele após ida, em agosto daquele ano, à CPL (Comissão Permanente de Licitação), onde ele coletou informações sobre um processo da Secretaria Estadual de Educação (Seed).

Ele afirmou que após isso, encaminhou a denúncia para os órgãos de controle. “Não me interessa quem vai ganhar, se a primeira, a segunda, a quarta, o que importa é o menor preço e o melhor para o estado de Roraima”.

Texto: Yasmin Guedes 

Foto: Jader Souza 

SupCom ALE-RR