“Ainda não sei lidar com isso porque me emociono, era muito difícil, sabe? De repente, quanto assinaram a minha carteira, quando carimbaram, fiquei emocionado demais”, relembrou o jovem Israel Pereira, de 25 anos, quando conseguiu uma vaga de emprego como operador de caixa em um supermercado. Para vivenciar essa conquista, durante um ano e quatro meses ele se dedicou aos estudos na Escola do Legislativo Cursos Preparatórios, enquanto estava desempregado.

Ele contou que antes tinha apenas o Ensino Médio e o último emprego era de borracheiro. As coisas começaram a mudar quando ele mergulhou na educação, usando as ferramentas como caneta, caderno, apostila e muita dedicação. “A Escola do Legislativo foi fundamental, porque fornece cursos para as pessoas que não têm condições de pagar. Aproveitei, porque eu tinha que encontrar algum meio para me capacitar. Encontrei na Escola o que eu procurava, aprendizado e enriquecer meu conhecimento.”

Hoje, ele coleciona 35 certificados na área de idiomas, informática, técnica de vendas, relação interpessoal no trabalho, primeiros socorros, educação especial, cuidados com a saúde da pessoa idosa, hotelaria, arte de falar em público, técnicas para garçom, segurança no trabalho, preparatório na área jurídica, organização de festas, e Libras (Língua Brasileira de Sinais), que foi determinante para a contratação.

Desafio

Ele relembrou que antes de conseguir um emprego, em uma das aulas na Escola do Legislativo, um professor desafiou os alunos a entregarem currículos em Boa Vista. Após ouvir isso, Israel Pereira vendeu brigadeiros na Escola do Legislativo e lucrou R$ 20. Com esse recurso, tirou cópias do currículo e entregou em várias empresas de Boa Vista. Depois de uma semana, 15 instituições ligaram para o jovem. “Depois que eu conheci a Escola do Legislativo, as portas se abriram para mim, e portas ainda estão se abrindo.”

Mesmo com o novo emprego, ele não pretende largar os estudos. “Não vou parar de estudar, é apenas o começo. Agora vou seguir para a faculdade de educação física.”. Além disso, o profissional pretende cursar Libras avançado na Escola do Legislativo, quando voltarem as aulas presenciais.

Israel representa muitos alunos que se prepararam na Escola gratuitamente, e conquistaram um emprego, alcançaram aprovação em seletivo, concurso ou no vestibular. Para a diretora da instituição Cristina Mello, a educação pode transformar vidas. “Isso é muito gratificante para a instituição, para todos os profissionais, professores, técnicos, direção. O presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, Jalser Renier, realmente não mede esforços para trazer os melhores cursos e profissionais para atender a população. Isso faz a diferença, para que esses alunos possam se tornar profissionais no futuro.”

Texto: Vanessa Brito

Foto: Jader Souza

SupCom ALE-RR