Seja em casa ou no trabalho, um ambiente seguro pode evitar acidentes, cansaço e doenças corporais. Foi pensando nisso que a estudante de enfermagem Tiffany Miranda Bezerra buscou o curso Ergonomia: Saúde e Segurança no Trabalho, ofertado pela Escola do Legislativo na modalidade EaD (Ensino a Distância), para melhorar a postura em casa e no local de trabalho.

Segundo ela, o curso surgiu em momento oportuno, pois complementa os estudos da faculdade. “Eu tenho problema na coluna devido ao meu trabalho e a má postura”, conta. Tiffany relaciona o rendimento pessoal com o ambiente e a forma como senta e anda. “A gente senta de forma incorreta, mesa incorreta, cadeira desconfortável e tudo isso causa posição errada e até mesmo para levantar a gente levanta de forma errada”, complementa.

Segundo ela, os ensinamentos são colocados em prática, pois a mãe é professora e está em teletrabalho devido a pandemia do novo coronavírus, por isso vez ou outra ela a alerta para a maneira correta de sentar. A missão é repassar todos os conhecimentos em benefício da família e de colegas de trabalho.

Acidentes e doenças

Segundo o Observatório de Segurança e Saúde do Trabalho, em 2018, mais de 126 mil benefícios foram concedidos pelo INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) por acidentes ou doenças relacionadas ao trabalho.

A ergonomia do trabalho é fundamentada pela Norma Regulamentadora nº 17, do Ministério do Trabalho, e estabelece as condições adequadas para que os trabalhadores tenham mais conforto e segurança. A estrutura da NR está dividida em formas de levantamento, transporte e descarga individual de materiais; mobiliário; equipamentos; condições ambientais de trabalho; e organização.

O professor do curso de Ergonomia do trabalho, Rogerlan Rodrigues, explica que todo o ambiente deve ser adaptado para o colaborador. “Condições ambientais favoráveis, confortável para eles, questões de luminosidade, temperatura, umidade e outras variáveis relacionadas ao trabalho”.

Dicas                                                       

Confira algumas dicas de como ter um local mais seguro e saudável para trabalhar, seja em casa, na empresa ou instituição pública:

– Garanta uma iluminação no teto, e se possível, use luminárias de mesa.

 –  Sua superfície de trabalho deve ter de 72 a 75 cm de altura. Se você for muito baixo(a), a altura da mesa pode ser menor. O ideal é que você consiga apoiar os pés no chão.

– Para a cadeira, escolha uma adequada ao seu biotipo e que possibilite o apoio dos pés no chão, apoio lombar, regulagem de altura para os braços e profundidade do assento.

– Se você trabalha por muitas horas, estudos recentes comprovam a importância de permanecer algumas horas em pé.

–  Se você utiliza um laptop, use um suporte para que a tela fique na altura de seus olhos. No caso de muitas horas de trabalho, o ideal é um monitor com tela grande.

– Mantenha seu espaço de trabalho organizado e agradável. Lembre-se que é lá que você passa grande parte do seu dia.

– Levante-se de tempo em tempo e ande, beba água, olhe pela janela e alongue-se, para depois se concentrar novamente. Isso não é perda de tempo, é investimento em concentração e produtividade.

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Jader Souza

SupCom ALE-RR