Quando chegou a pandemia do covid-19, a Escola do Legislativo Cursos Preparatórios enfrentou o dilema: como continuar permitindo o acesso da comunidade à educação? Foi por meio da internet que ela continuou suas atividades. Ao completar três anos de criação, a instituição comemora a marca de 110 mil inscrições em mais de 300 cursos presenciais e virtuais, atendendo alunos da capital, municípios, de outros estados, também imigrantes e a população indígena.

A Escola do Legislativo existe desde 2003, mas antes era restrita aos servidores da Assembleia Legislativa. Em 2017, foi criada a unidade Cursos Preparatórios, para atender a população, em cursos profissionalizantes, capacitação para concursos e aulas de idiomas.

A ideia é que por meio dos cursos profissionalizantes, a população possa mudar a sua realidade. Nestes três anos, mais de 28 mil alunos já foram atendidos de forma presencial em 222 cursos. Em abril deste ano, a instituição inaugurou a plataforma de ensino a distância e em quatro meses, já ofertou 105 cursos, com mais de 82 mil inscrições nos cursos pela internet.

O presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, Jalser Renier, adiantou que a plataforma de ensino a distância vai continuar mesmo após a pandemia. “Para que todos os alunos da capital, do interior e até mesmo de outros estados possam conhecer a proposta da Escola do Legislativo do Estado de Roraima.”

Ele enfatizou que mesmo diante de uma crise mundial, a instituição se reinventou para continuar contribuindo na formação educacional da população. “Durante essa pandemia em nenhum momento a Escola parou. Nós continuamos com a Escola, continuamos com os professores, e agora vamos intensificar o nosso trabalho. São vários cursos que a nossa plataforma está colocando à disposição da sociedade, para que elas possam participar, interagir, crescer e vencer”, disse o parlamentar.

Transformação

 

Quando Israel Pereira, de 25 anos, teve a carteira assinada como operador de caixa em um supermercado, ele ficou emocionado. À cabeça dele vieram os cerca de 500 dias de estudos intensos na Escola do Legislativo Cursos Preparatórios, enquanto estava desempregado.

Ele contou que têm apenas o Ensino Médio completo e o último emprego era de borracheiro. “Eu vi tanta gente conseguindo as coisas, e falei ‘eu vou estudar também’. Comecei a estudar de manhã, de tarde, de noite. Eu fiz 35 cursos, o que pra muita gente pode parecer exagero, mas foram esses 35 cursos que abriram as portas pra mim pro mercado de trabalho”.

 

Para Israel, o sonho não terminou. O objetivo agora é passar em uma faculdade, motivo pelo qual ele segue estudando.

Faculdade

 

Passar no vestibular também era o sonho de Vinícius Santos, de 24 anos. Foram quatro tentativas frustradas até, finalmente, chegar a hora de comemorar. Para alcançar este resultado, o jovem precisou ter disciplina e dedicação na rotina de estudos, por um ano.

Neste processo, ele destacou que teve duas bases importantes, primeiramente o incentivo da mãe e o apoio foi da Escola do Legislativo. “Graças a Escola do Legislativo eu alcancei uma meta que eu quis muito pra minha vida, o meu sonho, que foi conquistar uma vaga para a faculdade de Jornalismo na Universidade Federal de Roraima.”

Desafio

 

De origem Macuxi, Daiane da Silva Nascimento, de 25 anos, nasceu na Terra Indígena Aningal, no Amajari, ao Norte de Roraima. Há um ano, se mudou para Boa Vista para estudar e ter melhores oportunidades na vida. Ela sonha em ser administradora.

O primeiro passo em busca dessa meta foi se matricular em um dos cursos da Escola do Legislativo, instituição que tem sido fundamental no caminho que ela trilha em direção à conquista de uma carreira. “Quando a pandemia chegou eu perdi o emprego, só não perdi a vontade de crescer e agora eu aproveito o tempo que eu tenho estudando pela Escola do Legislativo. Graças a Deus estou tendo essa oportunidade de aprender para um futuro melhor que eu quero ter”, destacou.

SupCom ALE-RR