Pular para o conteúdo

SAÚDE DE RECÉM-NASCIDOS
Deputada Catarina Guerra alerta para aumento do número de bebês prematuros em Roraima

Na sessão ordinária desta quarta-feira (23), a deputada Catarina Guerra (União Brasil) usou a tribuna da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) para alertar sobre os crescentes casos de bebês prematuros no Estado.

 

“Mais de 300 mil prematuros nascem anualmente no Brasil e Roraima, onde até outubro deste ano nasceram 756, tem um alto índice de prematuridade. Entre eles, mais de 50% precisaram de UTI ou de algum atendimento neonatal”, informou Guerra.

 

 

A parlamentar destacou a proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera a licença-maternidade em caso de prematuridade do bebê.

“Ontem [terça, 22], foi protocolada uma PEC, de minha autoria, sobre o marco temporal da licença-maternidade, pois a alta hospitalar da criança prematura às vezes perdura por mais de duas semanas. Algumas delas, infelizmente, ficam meses internadas na UTI. Isso precisa ser alterado para que a licença seja iniciada após a alta dos bebês”, argumentou.

A parlamentar refletiu ainda sobre a importância da assistência do Estado às famílias com recém-nascidos prematuros.

“Quero deixar aqui minha homenagem a todas as mães que já sofreram com essa situação e que a gente sirva de consciência e estímulo para que não aconteça esse nascimento prematuro e, se acontecer, tenhamos condições de diminuir esses dados e fornecer um atendimento eficaz e capaz de garantir a saúde dessas crianças”, concluiu.

Texto: Anderson Caldas

Fotos: Marley Lima/ Nonato Souza

SupCom ALE-RR

Compartilhar
banner assembleia 120x600 ou 160x600

Arquivos

banner assembleia 120x240
banner assembleia 125x125

0