Pular para o conteúdo

‘PELA PAZ’
Chame participa de caminhada em Boa Vista pelo fim da violência contra mulheres

O Centro Humanitário de Apoio à Mulher (Chame), da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), participa da “Caminhada pela Paz”, que pretende promover a reflexão social sobre a gravidade da violência contra as mulheres. O evento ocorre nesta terça-feira (6), às 16h30, e tem como ponto de partida o 2º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Roraima, localizado na Avenida Nazaré Filgueiras, 1164, bairro Pintolândia.

A caminhada terá como destino a Praça Germano Sampaio e, durante todo o percurso, os participantes estarão vestidos com camisetas brancas para simbolizar o pedido de paz e o fim da violência doméstica. Além da Assembleia Legislativa, outros órgãos participarão, como a Secretaria Estadual do Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes), Ministério Público (MPRR), Tribunal de Justiça (TJRR), Defensoria Pública (DPE) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

“É de grande importância esse movimento com instituições públicas e sociedade em geral, porque junta as nossas forças em prol de uma única causa: o fim da violência contra as mulheres. Por isso, o Chame trabalha durante todo o ano para conscientizar a população a procurar ajuda ou até mesmo reconhecer algum tipo de violência”, ressaltou a psicóloga e diretora do Chame, Aldenize Barros.

O evento também criou a hashtag #euapoioestacausarr, que leva a uma página com outras publicações relacionadas ao fim da violência contra o gênero feminino. Ao final da caminhada, os participantes prestarão um minuto de silêncio, ato simbólico em consideração aos familiares de vítimas de feminicídio e de violência doméstica.

Atendimento do Chame

O auxílio psicológico, social e jurídico às vítimas de violência doméstica e familiar é realizado pelo Chame por meio do ZapChame (95 – 98402-0502), disponível 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados, bem como pelo telefone (95) 98801-0522, em horário comercial.

Para atendimentos presenciais, o Chame fica na Procuradoria Especial da Mulher, aberta de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, nos seguintes endereços: Avenida Santos Dumont, 1470, bairro Aparecida, no município de Boa Vista, e na Rua Senador Hélio Campos, sem número, BR-174, no município de Rorainópolis.

Luma Aguiar, advogada que atende no Chame, destaca que as vítimas de violência têm facilidade em pedir ajuda, principalmente por meio do ZapChame.

“Por trás da tela de um telefone, é mais fácil relatar e perguntar, porque a vítima pode pegar o celular até mesmo de algum amigo ou vizinho para pedir ajuda. A partir disso, orientamos como ela deve agir e, quando há um caso mais delicado, pedimos que venha até a sede do Chame para ter uma assistência mais pessoal”, explicou Aguiar.

 

 

Texto: Anderson Caldas

Fotos: Marley Lima

SupCom ALE-RR

Compartilhar
banner assembleia 120x600 ou 160x600

Arquivos

banner assembleia 120x240
banner assembleia 125x125

0