Pular para o conteúdo

PARCERIA COM TCE
Escolegis oferta curso de Redação Oficial para servidores do Cantá

A Escolegis (Escola do Legislativo) iniciou na tarde desta segunda-feira (11) mais um curso de Redação Oficial, com carga horária de 20 horas. Desta vez a qualificação foi ofertada para 90 servidores do município do Cantá, numa parceria com o Tribunal de Contas do Estado de Roraima (TCE-RR)

A presidente da Escolegis, Catarina Guerra (União), acompanhou a abertura do curso, ministrado pela professora Mestra, Neivana Rolim de Lima, e destacou a parceria e o alcance da Escola do Legislativo.

“A gente tem a oportunidade de expandir nossas ações e ser parceiro de um trabalho que vai chegar e fazer a diferença na nossa população, numa demanda solicitada pelo Tribunal de Contas. Essa capacitação fará a diferença na vida desses servidores municipais, vai ser algo transformador”, disse Catarina.

O curso de Redação Oficial vai modificar a qualidade da linguagem e melhorar a comunicação no uso dos documentos oficiais da Prefeitura, da Câmara e das Secretarias. “A gente fica muito feliz por participar e estar presente para fiscalizar essa realidade. Não estamos apenas emitindo um certificado, fazendo uma simples parceria, mas acreditando, sim, no potencial do ensinamento que vai fazer a diferença para os servidores deste município”, reforçou, ao enfatizar que a professora é uma técnica capacitada e com uma vasta bagagem na área.

Segundo o vice-presidente do TCE e coordenador do TCE na Comunidade, Brito Bezerra, o órgão tem buscado parcerias para melhorar a qualidade dos serviços prestados em todo o Estado. O programa, segundo o conselheiro, é inovador no Estado, e o Tribunal “não abre mão do Direito Constitucional de julgar, mas quer acompanhar e orientar a administração pública”.

“Essa é a primeira vez que o Tribunal de Contas trabalha com outras instituições, dentre elas a Assembleia Legislativa, tendo como um instrumento de cidadania o TCE, ao se aproximar da comunidade através de prefeituras. Viemos dizer para a comunidade do município do Cantá que somos parceiros do bom gestor. Queremos ajudar para que os recursos públicos atinjam a sua finalidade”, explicou, ao salientar que o curso de capacitação faz parte do programa.

O prefeito do Cantá, André Castro (PP), destacou sobre a iniciativa de priorizar a qualificação profissional dos servidores e parabenizou a Assembleia Legislativa e o TCE pela parceria.

“Primeiro eu quero agradecer a parceria do TCE com o município do Cantá, orientando, fiscalizando, dando oportunidade para que a gente possa prestar um serviço melhor à população. Agradecer também a parceria com a Assembleia Legislativa e da Escolegis, na pessoa da presidente, deputada Catarina Guerra. Esse curso de Redação Oficial vem atender a uma necessidade e melhorar a qualidade do serviço prestado, e claro, o conhecimento deles como profissionais, que vão crescer a cada dia”, disse.

Assessor técnico da Secretaria de Educação do Cantá, Igor Nascimento, 26 anos, é também responsável pela edição de documentos e editais que não podem apresentar falhas.

“Aqui na Secretaria de Educação eu desenvolvo os trabalhos com editais, a formulação de termos de referência, a parte introdutória dos processos de licitação. E o curso é importante justamente para gente poder formular um bom processo, um bom termo de referência, uma boa construção processual, uma boa estrutura. Afinal, uma palavra mal colocada pode mudar totalmente o sentido de todo o processo. Como servidor, o curso vai me ajudar profissionalmente, e como cidadão, vou levar para o resto da minha vida”, afirmou.

Laiane Andrade, 26 anos, é assistente administrativa e também considera necessária a qualificação. Servidora da Câmara Municipal do Cantá, ela é quem redige os textos das atas dos vereadores e sabe que não pode colocar uma vírgula no lugar errado.

“Mexo com documentos e tenho que ter uma boa escrita, um bom diálogo para poder entregar um documento apresentável, mais completo, porque já houve casos de se mandar um documento com uma vírgula e um ponto errado, e as pessoas entenderem totalmente diferente. Creio que com essa redação vai melhorar bastante o nosso desempenho tanto na escrita quanto no aprendizado do dia a dia. Muitas vezes mandamos um texto para uma pessoa que diz não ter entendido. Então é sempre bom se aprofundar. Todo mundo acha que sabe escrever e dialogar bem, mas não sabe. Uma vírgula faz toda a diferença na nossa escrita”, disse.

Há quase duas décadas, a Escola do Legislativo transforma a vida de milhares de pessoas, por meio de cursos gratuitos profissionalizantes e aulas preparatórias para vestibulares e concursos públicos. A instituição está com atividades presenciais em Boa Vista e no núcleo da Assembleia Legislativa em Caracaraí, além das aulas na modalidade EaD (Ensino a Distância).

Texto: Marilena Freitas

Fotos: Marley Lima

SupCom ALE-RR

Compartilhar

Arquivos

banner assembleia 125x125

Notícias Relacionadas