Pular para o conteúdo

Procon Assembleia esclarece dúvidas de fornecedor durante palestra

Dúvida sobre a troca de produtos é um dos principais gargalos na relação entre consumidor e fornecedor. Para tratar dessa e de outras incertezas que surgem nas relações consumeristas, o Procon Assembleia está realizando palestras nas empresas para os funcionários e fornecedores. Nesta sexta-feira, 2, foi a vez da empresa Gessoraima receber a equipe do Procon.

“O Procon Assembleia tem disponibilizado essas palestras informais, onde nossa equipe se reúne com as pessoas e tiramos as dúvidas que existem. Os fornecedores têm nos buscado muito para realizar essas atividades. As dúvidas têm sido muitas, conforme o ramo em que o fornecedor trabalha. Mas a principal dúvida diz respeito à troca, seja porque o consumidor não gostou ou porque o produto tem algum defeito ou vício”, explicou a diretora do Procon, Eumária Aguiar.

Essa procura, disse Eumária, mostra também o novo olhar do fornecedor sobre o consumidor. “Percebemos que os fornecedores estão interessados em atender melhor o consumidor, em não causar transtorno, e assim poder vender melhor e vender mais”, ressaltou a diretora.

Há dúvidas também sobre a questão da assistência estendida. “A gente vem trabalhando isso de forma que não prejudique o fornecedor, porque embora ele seja a parte mais forte na relação de consumo, todos nós visamos nossos lucros seja enquanto consumidor ou fornecedor. Então a gente busca, enquanto Procon Assembleia, fazer um equilíbrio nessa relação de consumo. Cada loja tem uma política de troca. O consumidor na hora de fazer qualquer compra tem que verificar tudo aquilo que é acordado e que deve ser cumprido. O fornecedor não tem a obrigação de trocar se a compra foi física, diretamente na loja. Orientamos ao consumidor que verifique a política de troca para evitar constrangimento”, orientou, ao salientar  que quando a compra é feita via internet o produto pode ser trocado no prazo de até sete dias.

Uma das proprietárias do Grupo Gessoraima, Karin Moreira Ducap, 37 anos, disse que buscou essa ajuda do Procon Assembleia porque quer sempre dar um atendimento melhor para o cliente, estando respaldada pelo Código de Defesa do Consumidor na hora de lidar com o cliente. “Essa palestra do Procon Assembleia foi muito informativa, nos deixando até bem amparado com esse serviço para transmitir ao cliente mais informações, para que ele se sinta mais seguro na hora da compra, e a gente no final não seja também lesado”, disse.

Por falta de conhecimento, muitos consumidores desconhecem a essência da lei que veio para equilibrar as relações de consumo, deixando o cliente e o fornecedor felizes. “Às vezes percebemos que há uns clientes que abusam dos direitos, e como a gente não quer aumentar o problema ou levar adiante, ficamos até no prejuízo para poder sanar. Quero muito agradecer a iniciativa do Procon Assembleia e dizer que foi muito válida, que estou muito contente com essa palestra”, disse Karin, ao salientar que isso acontece porque a empresa trabalha com o material natural, que é o granito e o mármore, e alguns clientes têm certa dificuldade em aceitar as variações do produto natural. O mesmo ocorre com a venda de vidro, que como é feito sob medida, surgem reclamações com relação a prazo e tamanho.

A vendedora Jane Demétrio, 39 anos, disse que tinha várias dúvidas antes da palestra do Procon Assembleia. “Minhas dúvidas eram relacionadas a prazo e à qualidade dos serviços, e graças a equipe do Procon conseguimos sanar essas dúvidas em 100%”, disse, ao salientar que as dúvidas diziam respeito à devolução do produto e do dinheiro do cliente.

O que muito chamou a atenção da Jane, foi a qualidade das explicações da equipe do Procon. “O palestrante tem uma linguagem bem clara, nítida, nos deixando bem esclarecidos. Além da presença da patroa que foi superimportante. Foi tudo ótimo!”, reforçou.

 

Por Marilena Freitas

SupCom/ALE-RR

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0