A Comissão do Concurso Público da Assembleia Legislativa do Estado de Roraima (ALERR) se reuniu na manhã desta quinta-feira, 8, com os representantes dos conselhos de classe dos cargos que serão oferecidos neste certame, para apresentar a minuta do edital. Juntos vão observar se o edital não apresenta erros como, por exemplo, se está em desconformidade com as atribuições dos cargos ofertados.

“O objetivo, ao fazer essa apresentação da minuta do edital, é para que a gente possa, em uma gestão participativa, discutir previamente os assuntos e temas que serão cobrados, para que a Assembleia possa lançar um edital sem questionamentos ou que, pelo menos, se evite questionamentos no futuro”, explicou o procurador geral da Casa, Andreive Ribeiro.

Conforme ele, a comissão pretende lançar o edital na próxima semana. “Nosso objetivo é lançar na segunda-feira, 12, mas os membros desses conselhos que estiveram hoje na reunião precisam de um tempo para analisar esse edital. Marcamos para segunda-feira uma nova reunião para finalizar o edital. Não havendo impugnação, erro ou inconsistência, a gente tem condições de lançar na segunda e, no máximo, na terça-feira. Havendo, vamos enviar para a empresa fazer as correções, e deveremos lançar até quarta-feira, 14”, detalhou Ribeiro.

Um dos participantes da reunião era o representante da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Roraima (OABRR), Ernane Batista. Segundo ele, em concursos que haja o ingresso de profissionais da área jurídica, no caso advogados, por lei, se faz necessária a participação da entidade de classe. “Justamente para acompanhar todo o edital e verificar se as atribuições estão condizentes com toda a legislação”, justificou Batista.

Por Marilena Freitas

SupCom/ALE-RR