Comemorado anualmente no dia 17 de outubro, o Dia Nacional da Música Popular Brasileira homenageia o nascimento da primeira compositora oficial da MPB, Chiquinha Gonzaga. De todas as manifestações artísticas, o gênero musical é talvez o que mais representa a cultura do país. No programa Abrindo Caminhos, os alunos aprendem desde cedo a valorizar esse estilo.

Por meio da música, as crianças e os adolescentes são capazes de saberem mais sobre a história do país. A MPB é o resultado de um conjunto de manifestações influenciadas pelas culturas indígena, africana e europeia. Entre os artistas da MPB que integram o repertório do coral do Abrindo Caminhos se destacam: Tim Maia, Roberto Carlos, Chico Buarque, Adriana Calcanhotto e Djavan.

De acordo com a professora Kastorijane Almeida, durante os ensaios, os artistas são apresentados aos alunos para que eles conheçam um pouco mais sobre a história. “Sempre que vamos trabalhar uma música com eles, nós mostramos a história daquela música, do compositor e eles gostam muito, pois são músicas antigas, mas que acrescentam informações”, enfatiza.

A canções despertam a imaginação e a criatividade dos alunos. Há sete meses no programa, Pedro Sena, de 12 anos, destaca que as músicas remetem a épocas passadas. “Cada vez que a gente canta, podemos imaginar coisas daquela época. É uma sensação boa porque a gente canta músicas que são o nome do Brasil”, comentou.

As músicas também mexem com os sentimentos de Alice Almeida, de 11 anos. Segundo ela, a MPB é capaz de influenciá-la positivamente. “Traz muita positividade para mim e não é como essas músicas que escutamos atualmente, são mais do fundo do coração. Minha música favorita é ‘Que Maravilha Viver’, porque fala do Setembro Amarelo”, ressalta.

Os alunos do coral do programa Abrindo Caminhos já estão ensaiando para as apresentações de fim de ano. As aulas do coral acontecem às segundas e quartas-feiras, das 18h15 às 19h30. O programa oferece também aulas gratuitas de balé, futebol, jiu-jítsu, ginástica rítmica, jazz, teatro e informática. A instituição está localizada na avenida São Sebastião, nº 883, bairro Cambará. Mais informações pelo 98402 5014.

Texto: Jéssica Sampaio

Foto: Alex Paiva

SupCom ALE-RR