Nesta terça-feira (12), a deputada Betânia Almeida (PV) apresentou uma lista de demandas da população na área da Educação, Saúde e Segurança, e diz que Roraima vive “um dos piores momentos, ou pior momento do Estado”. A avaliação foi feita em pronunciamento em sessão plenária na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR).

Diante das demandas citadas, a parlamentar questionou a atuação do Poder Executivo nos últimos meses. “Não temos visto nada, o nosso Estado está uma bomba prestes a explodir. Isso é vergonhoso.”, disse

Na Saúde, a parlamentar relembrou o discurso da promotora de Defesa da Saúde do Ministério Público de Roraima, Jeanne Sampaio, que durante audiência pública para discutir a situação de profissionais da enfermagem, afirmou que há indícios de desperdício de dinheiro público em cirurgias realizadas na rede estadual. “A gente paga até R$ 100… R$ 300 mil por uma cirurgia que, se feita no seu tempo, gastaria apenas R$ 300. Quem não tem dinheiro morre ou recorre à Justiça, porque não tem como pagar os insumos para fazer um simples curativo”, contou.

A deputada relatou ainda a dificuldade da população para ser atendida nas unidades hospitalares.  “A população precisa de Saúde, mas não tem pessoal, equipamentos, estrutura, e muito menos medicamentos. O povo precisa de Educação, mas na escola não tem merenda, falta professor e o transporte escolar não funciona devidamente. Precisa de Segurança, mas o governo cancela o concurso, adia seleção de aprovados”, disse.

Outras situações levantadas pela deputada foram sobre as atividades do garimpo, os índices de criminalidade entre os jovens, e terras. “Quero projetos que beneficiem a população deste Estado”, cobrou.

Ainda no pronunciamento, a parlamentar reconheceu as ações do Chame (Centro Humanitário de Apoio à Mulher), da ALE-RR, contra a violência doméstica em Roraima. “Minhas mulheres estão morrendo aos montes por conta da violência doméstica. Parabenizo o Chame pelo trabalho, mas ele não consegue fazer tudo sozinho”, disse.

Texto: Vanessa Brito

Foto: Jader Souza e H. Emiliano

SupCom ALE-RR