O Procon Assembleia foi convidado para compor o Conselho Regional de Usuários da Claro e Embratel, e participa, nesta sexta-feira (13), da 1ª Reunião Ordinária, em Belém (PA). Estarão presentes representantes de outros Procons e de empresas de telefonia que atuam na região Norte, além da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

O diretor do Procon Assembleia, Jhonatan Rodrigues, explicou que nesta reunião, pretende apresentar as demandas dos roraimenses, como a baixa qualidade no serviço de internet por fibra ótica. Em 2019, 34% dos atendimentos no Procon Assembleia foram sobre problemas com o serviço de telefonia.

“Má prestação dos serviços de telefonia, a internet que não funciona, rompimento de cabo de fibra ótica, então essas ferramentas iremos buscar soluções perante a Anatel que também estará presente, para que os consumidores do estado possam ter resguardado os seus direitos e com serviço prestado”, defendeu Jhonatan Rodrigues.

O Conselho é formado por cidadãos e representantes de empresas e órgãos de defesa do consumidor, e busca avaliar a qualidade dos serviços prestados à população e, assim, pontuar falhas e buscar soluções para os problemas enfrentados. É necessária a existência de um conselho por região do País.

O Conselho de Usuários é uma instância de participação institucionalizada de Usuários da Claro S.A. e Embratel TVsat Telecomunicações S.A., não possuindo personalidade jurídica, nem autonomia administrativa, financeira e patrimonial.

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Divulgação

SupCom ALE-RR