Pular para o conteúdo

Chame realiza live com tema voltado ao acolhimento às mulheres

Nesta sexta-feira (14), o Chame (Centro Humanitário de Apoio à Mulher), programa permanente da Assembleia Legislativa, realiza a live ‘Se precisar, Chame’, com o intuito de informar sobre o acolhimento realizado pela instituição no enfrentamento à violência doméstica e familiar.

A transmissão acontece a partir das 11h, pela TV Assembleia (Canal 57.3) e nas fanpages do Youtube e Facebook (@assembleiarr). Durante o encontro virtual, além de abordar o trabalho de amparo realizado pelo Chame, o público pode esclarecer dúvidas sobre a Lei nº 11.340/3006, popularmente conhecida como Maria da Penha.

O isolamento social motivado pela pandemia da covid-19 foi um dos fatores que provocou o aumento da violência doméstica no ano passado. Segundo dados divulgados pelo Ministério dos Direitos Humanos, o Brasil registrou 105.821 denúncias de violência contra a mulher em 2020.

O atendimento do órgão não parou durante a pandemia, e a coordenadora, Francene D’Aguiar, destacou a importância de ações como essa, já que o principal objetivo é “levar orientações sobre a violência doméstica não somente para quem, neste momento, está sendo vítima de abuso, mas para toda a comunidade que poderá auxiliar denunciando”, disse.

Convidadas

Uma das convidadas da live será a titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, Verlania Silva de Assis, que mostrará quais os caminhos para denunciar as agressões, além de explicar sobre as diversas medidas protetivas existentes na legislação.

Confirmadas também as participações da procuradora especial da Mulher, deputada Betânia Almeida (PV), da psicóloga Adria Santos, e da assistente social Raquel Almeida. A população, além de acompanhar a programação da TV ALERR, canal 57.3, vai poder participar e tirar dúvidas pelas redes sociais do Parlamento Estadual.

Texto: Bruna Gomes 

SupCom ALERR

Compartilhar

Notícias Relacionadas

Arquivos

0